PUBLICIDADE

mundo

Inglaterra vai reabrir cinemas, museus e galerias no dia 4 de julho

Cin¬≠e¬≠mas, museus e gale¬≠rias na Inglater¬≠ra poder√£o reabrir a par¬≠tir de 4 de jul¬≠ho, anun¬≠cia nes¬≠ta ter√ßa-feira (23) o primeiro-min¬≠istro Boris John¬≠son enquan¬≠to define quais os setores da econo¬≠mia que poder√£o ser retoma¬≠dos. Ele deve anun¬≠ciar tam¬≠b√©m as con¬≠clus√Ķes de uma revis√£o sobre a pol√≠ti¬≠ca de dis¬≠tan¬≠ci¬≠a¬≠men¬≠to social. 

O Reino Unido est√° reabrindo grad¬≠ual¬≠mente sua econo¬≠mia, enquan¬≠to o n√ļmero de mortes e casos da Covid-19 est√° em que¬≠da. O pa√≠s √© um dos mais afe¬≠ta¬≠dos no mun¬≠do pela pan¬≠demia.

O √ļlti¬≠mo est√°¬≠gio est√° mar¬≠ca¬≠do para come√ßar no dia 4 de jul¬≠ho e ter√° alguns locais de maior risco, como os do setor de cul¬≠tura e artes, que retomar√£o as ativi¬≠dades, emb¬≠o¬≠ra com regras para man¬≠ter o dis¬≠tan¬≠ci¬≠a¬≠men¬≠to social.

‚ÄúO mais impor¬≠tante √© que todos sigam as ori¬≠en¬≠ta√ß√Ķes de dis¬≠tan¬≠ci¬≠a¬≠men¬≠to social. N√£o ire¬≠mos hes¬≠i¬≠tar em revert¬≠er ess¬≠es pas¬≠sos, se for necess√°rio, para impedir que o v√≠rus saia do con¬≠t¬≠role‚ÄĚ, disse uma fonte do gabi¬≠nete de John¬≠son.

O primeiro-min­istro deve falar ao Par­la­men­to na tarde de hoje.

John¬≠son enfrenta press√£o de seu pr√≥prio par¬≠tido e lob¬≠by de empres√°rios para acabar com a regra dos dois met¬≠ros de dis¬≠t√Ęn¬≠cia entre as pes¬≠soas.

Fonte: Agên­cia Brasil

PUBLICIDADE