PUBLICIDADE

meu dinheiro

Ex-trabalhadores de empresa fast food podem ser beneficiados com pagamento de participa√ß√£o nos lucros e resultados

Uma a√ß√£o in√©di¬≠ta movi¬≠da pelo Sinthore¬≠sp ‚ÄĒ Sindi¬≠ca¬≠to dos Tra¬≠bal¬≠hadores de Hot√©is, Bares, Restau¬≠rantes e Sim¬≠i¬≠lares de S√£o Paulo e regi√£o, est√° inje¬≠tan¬≠do quase R$ 4 mil¬≠h√Ķes na econo¬≠mia brasileira bem em meio √† pan¬≠demia do Covid-19. Cer¬≠ca de 7 mil ex-colab¬≠o¬≠radores da rede de fast food McDon¬≠ald‚Äôs con¬≠quis¬≠taram o dire¬≠ito de rece¬≠ber at√© R$ 1.800 cada, ref¬≠er¬≠ente √† par¬≠tic¬≠i¬≠pa√ß√£o nos lucros do per√≠o¬≠do de 05 de jun¬≠ho de 2012 a 05 de jun¬≠ho de 2015. O prob¬≠le¬≠ma √© que metade dess¬≠es tra¬≠bal¬≠hadores ain¬≠da n√£o se apre¬≠sen¬≠taram para rece¬≠ber o bene¬≠f√≠¬≠cio.

O dire¬≠ito foi con¬≠quis¬≠ta¬≠do quan¬≠do, em 2014, um grupo de tra¬≠bal¬≠hadores procurou o Sinthore¬≠sp para ques¬≠tionar sobre o paga¬≠men¬≠to do Pro¬≠gra¬≠ma de Par¬≠tic¬≠i¬≠pa√ß√£o nos Resul¬≠ta¬≠dos (PPR), insti¬≠tu√≠¬≠do pela empre¬≠sa. O depar¬≠ta¬≠men¬≠to jur√≠di¬≠co notou que o paga¬≠men¬≠to deste incen¬≠ti¬≠vo n√£o obe¬≠de¬≠cia √† lei 10.101/2000, pois teria sido real¬≠iza¬≠do sem a pre¬≠sen√ßa do sindi¬≠ca¬≠to rep¬≠re¬≠sen¬≠tante dos tra¬≠bal¬≠hadores. Al√©m de ben¬≠e¬≠fi¬≠ciar ess¬≠es cer¬≠ca de 7 mil ex-empre¬≠ga¬≠dos, o acor¬≠do tam¬≠b√©m pos¬≠si¬≠bil¬≠i¬≠tou, des¬≠de 2015, que o McDonald¬īs nego¬≠ci¬≠asse o paga¬≠men¬≠to do PPR com o Sinthore¬≠sp, o que garan¬≠tiu aos colab¬≠o¬≠radores da ati¬≠va um paga¬≠men¬≠to da ver¬≠ba de for¬≠ma mais jus¬≠ta e como deter¬≠mi¬≠na a lei.

Entre¬≠tan¬≠to, at√© abril de 2020, pouco mais de 3,5 mil ex-fun¬≠cion√°rios foram local¬≠iza¬≠dos e rece¬≠ber¬≠am mais de R$ 2.412.200. ‚ÄúEsta¬≠mos em um tra¬≠bal¬≠ho incan¬≠s√°v¬≠el para localizar ess¬≠es tra¬≠bal¬≠hadores e faz¬≠er o paga¬≠men¬≠to desse bene¬≠f√≠¬≠cio a eles. Man¬≠damos car¬≠tas para os seus endere√ßos, mas ain¬≠da n√£o con¬≠seguimos localizar os demais ex-fun¬≠cion√°rios‚ÄĚ, desta¬≠ca o ger¬≠ente jur√≠di¬≠co do Sindi¬≠ca¬≠to, Dr. Anto¬≠nio Car¬≠los Nobre Lac¬≠er¬≠da.

Todos os profis¬≠sion¬≠ais que tra¬≠bal¬≠haram na empre¬≠sa no per√≠o¬≠do men¬≠ciona¬≠do t√™m dire¬≠ito ao PPR. O val¬≠or √© cal¬≠cu¬≠la¬≠do com base no per√≠o¬≠do tra¬≠bal¬≠ha¬≠do, sendo R$ 50 por m√™s, o que pode chegar ao mon¬≠tante de at√© R$ 1.800. Os ben¬≠efi¬≠ci√°rios devem aces¬≠sar o site www.trabalhoutemdireito.com.br e preencher um for¬≠mul√°rio com doc¬≠u¬≠men¬≠tos pes¬≠soais, como RG, CPF, carteira de tra¬≠bal¬≠ho e a con¬≠ta banc√°ria em nome do tra¬≠bal¬≠hador para dep√≥si¬≠to. Uma vez val¬≠i¬≠da¬≠dos, o McDon¬≠ald‚Äôs faz o paga¬≠men¬≠to. ‚ÄúEm um momen¬≠to de crise como esse, esse din¬≠heiro pode ser um al√≠vio para muitos tra¬≠bal¬≠hadores‚ÄĚ, con¬≠clui o ger¬≠ente jur√≠di¬≠co do Sinthore¬≠sp.

Foto: Divul­gação

PUBLICIDADE