4.3 // corpo & fitnessmanual

Cuidados diários e preventivos com a pele masculina

A pele masculina não é igual à feminina. A dermatologista Catarine Padoveze explica que os homens estão mais sujeitos à oleosidade do rosto devido aos hormônios e que a agressão causada pela exposição à poluição e ao sol leva ao envelhecimento precoce. Além disso, por fazerem a barba com frequência, estão sujeitos a uma pele mais sensível e com marcas.

Segundo a dermatologista, esses motivos são mais que suficientes para que os cuidados com a pele do rosto passem a fazer parte da rotina masculina.

Catarine recomenda alguns cuidados diários:

  1. Limpeza diária com sabonete adequado para o tipo de pele específico;
  2. Tônico adstringente para remoção de impurezas;
  3. Esfoliação semanal para auxiliar na remoção de cravos e ajudar na prevenção dos pelos encravados da barba;
  4. Uso de protetor solar diariamente.

A dermatologista afirma que os homens podem, e devem, melhorar a qualidade de sua pele, prevenindo e atenuando as rugas e linhas de expressão. Catarine diz que o tratamento mais indicado nessa situação é a aplicação de toxina botulínica e de substâncias de preenchimento, além do uso de cremes com princípios ativos antioxidantes, clareadores e rejuvenescedores. “As olheiras também podem ser tratadas com o preenchimento de ácido hialurônico e sessões de laser”, explica.

Os lábios também merecem uma atenção especial dos homens. Assim como para as mulheres, Catarine recomenda o uso diário de protetores labiais com ação hidratante, inclusive com várias aplicações durante o dia. Deste modo, é possível prevenir rachaduras e feridas na pele dos lábios.

De acordo com a dermatologista, outra queixa frequente dos homens são os problemas relacionados à barba. A pseudofoliculite é uma inflamação dos folículos pilosos da região da barba. Os pelos raspados ao crescerem se curvam e voltam para o interior da pele. Este processo leva à inflamação da cútis, mas Catarine indica alguns cuidados para a prevenção do problema: “Usar o barbeador elétrico pode ser uma opção. Ao se barbear, procure utilizar água morna e massagear os pelos para que eles fiquem mais amolecidos. Também é importante que o homem passe o barbeador no sentido do crescimento dos pelos”. A dermatologista ainda recomenda que, ao fim do processo, faça-se uso de um hidratante.

Situações de “barbas difíceis” e pelos encravados merecem atenção, já que em determinados casos, podem levar ao surgimento de feridas e cicatrizes na face e no pescoço. Segundo Catarine, existem inúmeros tratamentos que auxiliam e minimizam o problema, incluindo o uso de lasers.

 

Foto: Reprodução

 

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista