brasileconomia

Cresce percentual de brasileiros endividados em fevereiro

 - REVISTA MAISJR

(Crédito: Reprodução) 

O percentual de famílias brasileiras endividadas alcançou 61,5% em fevereiro, um aumento de 1,4 ponto percentual em relação aos 60,1% observados em janeiro deste ano e 0,3 ponto percentual maior em relação a fevereiro do ano passado, quando o indicador alcançou 61,2% do total de famílias. Na comparação mensal, este é o segundo aumento consecutivo, alcançando o maior patamar desde dezembro de 2017.

Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), produzida pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). De acordo com a economista da CNC, Marianne Hanson, a incidência de gastos extras no início de ano, que ocasiona uma maior demanda por empréstimos, influenciou o resultado.

Segundo o levantamento, o percentual de famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso e que, portanto, permanecem inadimplentes também aumentou na comparação mensal, passando de 9,1% em janeiro para 9,2% do total em fevereiro de 2019.

Cartão de Crédito

O cartão de crédito é o principal tipo de dívida apontado por 78,5% das famílias endividadas, seguido por carnês, para 13,9%, e, em terceiro, por financiamento de carro, para 9,8%. Nas famílias com renda até dez salários mínimos, o cartão de crédito responde por 78,8%, carnês, por 15,4%, e crédito pessoal, por 8,3%.  Já para famílias com renda acima de dez salários mínimos, os principais tipos de dívida apontados em fevereiro de 2019 foram: cartão de crédito (77,4%), financiamento de carro  (17,7%) e financiamento de casa ( 15,95).

 

 

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista