PUBLICIDADE

mundo

Argentina registra recorde de 3.604 casos de Covid-19 em um dia

A Argenti¬≠na anun¬≠ciou um recorde di√°rio de 3.604 casos con¬≠fir¬≠ma¬≠dos de covid-19, enquan¬≠to lida com infec√ß√Ķes cres¬≠centes que amea√ßam seu suces¬≠so ini¬≠cial em impedir a propa¬≠ga√ß√£o do novo coro¬≠n¬≠av√≠rus.

O aumen¬≠to acen¬≠tu¬≠a¬≠do, a primeira vez que os casos di√°rios super¬≠aram a mar¬≠ca de 3 mil, elevou o n√ļmero total para 87.030, cin¬≠co vezes o n√ļmero do in√≠¬≠cio de jun¬≠ho, emb¬≠o¬≠ra ain¬≠da bem abaixo das cifras nos viz¬≠in¬≠hos mais afe¬≠ta¬≠dos como o Brasil, Chile e Peru.

O gov¬≠er¬≠no de cen¬≠tro-esquer¬≠da da Argenti¬≠na imp√īs um lock¬≠down rig¬≠oroso em mea¬≠d¬≠os de mar√ßo, que foi afroux¬≠a¬≠do na maior parte do pa√≠s, mas ampli¬≠a¬≠do e refor√ßa¬≠do no fim do m√™s pas¬≠sa¬≠do na cap¬≠i¬≠tal Buenos Aires e seus arredores dev¬≠i¬≠do a um aumen¬≠to nos casos.

O n√ļmero de mor¬≠tos na Argenti¬≠na dev¬≠i¬≠do √† pan¬≠demia √© de 1.694.

O impacto do novo coro¬≠n¬≠av√≠rus atingiu a econo¬≠mia do pa√≠s sul-amer¬≠i¬≠cano, em recess√£o h√° dois anos e lutan¬≠do para resolver uma dolorosa crise da d√≠vi¬≠da. Os econ¬≠o¬≠mis¬≠tas pre¬≠veem uma con¬≠tra√ß√£o econ√īmi¬≠ca de 12% para 2020.

Fonte: Agên­cia Brasil

PUBLICIDADE