PUBLICIDADE

brasil

Vice-presidente visita a Amaz√īnia na companhia de embaixadores

Ciceroneado pelo vice-presidente da Rep√ļblica, Hamilton Mour√£o, um grupo de diplomatas, parlamentares e jornalistas estrangeiros come√ßa hoje (8) a percorrer parte da Amaz√īnia brasileira. Segundo a vice-presid√™ncia, apesar de concentrada em cidades do Par√°, a viagem √© uma oportunidade para o governo federal apresentar a representantes da comunidade internacional a realidade regional e as a√ß√Ķes p√ļblicas para preserva√ß√£o do bioma e desenvolvimento econ√īmico da regi√£o que compreende nove estados: Acre, Amap√°, Amazonas, Mato Grosso, Par√°, Rond√īnia, Roraima, Tocantins e parte do Maranh√£o.

“Esta viagem vai se desenvolver na Amaz√īnia Oriental, mais especificamente no estado do Par√°. O objetivo √© apresentar a estas autoridades estrangeiras – bem como ao p√ļblico brasileiro, por meio dos formadores de opini√£o que ir√£o nos acompanhar – a realidade da regi√£o e as principais pol√≠ticas [federais e estaduais] com vistas ao desenvolvimento da Amaz√īnia Legal‚ÄĚ, disse Mour√£o na √ļltima segunda-feira (6), no programa¬†Por Dentro da Amaz√īnia, transmitido pela¬†R√°dio Nacional AM.

Segundo a assessoria da vice-presid√™ncia, participam da comitiva representantes diplom√°ticos de oito pa√≠ses (Angola, Espanha, Fran√ßa, √ćndia, Jap√£o, Paraguai, Su√≠√ßa e Uruguai), al√©m do Reino Unido (formado por Esc√≥cia, Inglaterra, Irlanda do Norte e Pa√≠s de Gales) e da Uni√£o Europeia. Tamb√©m viajam com o grupo membros da Organiza√ß√£o do Tratado de Coopera√ß√£o Amaz√īnica (OTCA ‚Äď bloco socioambiental formado pelos pa√≠ses sul-americanos que compartilham o territ√≥rio Amaz√īnico: Brasil, Bol√≠via, Col√īmbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela), jornalistas estrangeiros e brasileiros, parlamentares brasileiros e representantes dos minist√©rios do Meio Ambiente; Minas e Energia; Rela√ß√Ķes Exteriores e Ci√™ncia, Tecnologia e Inova√ß√Ķes.

At√© a sexta-feira (10), a comitiva visitar√° as cidades de Altamira, Bel√©m, Medicil√Ęndia e Parauapebas. Entre as atividades programadas est√£o um sobrevoo √† Floresta Nacional de Caraj√°s; visita√ß√£o a complexos mineradores da Vale, √† usina de Belo Monte, √† Funda√ß√£o Evandro Chagas e ao Museu Em√≠lio Goeldi, al√©m de encontros com autoridades estaduais.

Em novembro de 2020, o¬†Conselho Nacional da Amaz√īnia Legal¬†realizou uma primeira miss√£o diplom√°tica com o mesmo objetivo. Na ocasi√£o, o conselho, presidido por Mour√£o e respons√°vel por coordenar e acompanhar a implementa√ß√£o das pol√≠ticas p√ļblicas relacionadas √† Amaz√īnia Legal levou chefes de miss√Ķes diplom√°ticas da √Āfrica do Sul, Alemanha, Canad√°, Col√īmbia, Fran√ßa, Espanha, Peru, Portugal, Su√©cia, Reino Unido, Uni√£o Europeia e OTCA a visitar pontos pr√©-definidos nas cidades de Manaus, S√£o Gabriel da Cachoeira e Maturac√°, todas no Amazonas.

‚Äú[Os integrantes da comitiva] tiveram a oportunidade de ver a realidade destas √°reas t√£o distantes e isoladas do territ√≥rio brasileiro‚ÄĚ, acrescentou o vice-presidente, explicando que, este ano, o Par√° foi escolhido em fun√ß√£o de, segundo Mour√£o, conciliar grandes centros urbanos, projetos de minera√ß√£o e de infraestrutura, a√ß√Ķes de prote√ß√£o e preserva√ß√£o ambientais e investimentos em bioeconomia. ‚ÄúIsto [as viagens com representantes de outros pa√≠ses] nos incentiva a buscar cada vez mais recursos que propiciem recursos condi√ß√Ķes de vida melhores para todos que ali vivem‚ÄĚ, acrescentou o vice-presidente durante o programa da¬†R√°dio Nacional AM.

PUBLICIDADE