PUBLICIDADE

brasil

Primeira morte por Covid-19 no Parque do Xingu é de um bebê indígena

 A Covid-19 fez sua primeira v√≠ti¬≠ma no Par¬≠que Ind√≠¬≠ge¬≠na do Xin¬≠gu, no Mato Grosso. Um beb√™ kala¬≠pa¬≠lo, de ape¬≠nas 45 dias, mor¬≠reu na noite de s√°ba¬≠do (13). Ele esta¬≠va inter¬≠na¬≠do em Cuiab√° e, segun¬≠do a secret√°ria munic¬≠i¬≠pal de Sa√ļde de Quer√™n¬≠cia, Lubiane Boer, fale¬≠ceu por causa de ‚Äús√≠n¬≠drome res¬≠pi¬≠rat√≥ria agu¬≠da e Covid-19‚ÄĚ.

O beb√™ era da aldeia Tan¬≠guro e esta¬≠va inter¬≠na¬≠do em Cuiab√° des¬≠de a sex¬≠ta-feira (12). Ele s√≥ foi trans¬≠feri¬≠do do hos¬≠pi¬≠tal da cidade de √Āgua Boa (que n√£o tem UTI) para um da cap¬≠i¬≠tal do esta¬≠do ap√≥s uma decis√£o da Justi√ßa Fed¬≠er¬≠al, que acol¬≠heu um pedi¬≠do do Min¬≠ist√©rio P√ļbli¬≠co.

Segun¬≠do o Min¬≠ist√©rio da Sa√ļde, h√° out¬≠ros dois casos de Covid-19 con¬≠fir¬≠ma¬≠dos no Par¬≠que do Xin¬≠gu. Al√©m dis¬≠so, o av√ī da cri¬≠an√ßa ‚Äď o cacique Van¬≠it√© Kala¬≠pa¬≠lo, da aldeia Sapezal ‚Äď est√° com sin¬≠tomas da doen√ßa e foi iso¬≠la¬≠do ap√≥s atendi¬≠men¬≠to m√©di¬≠co. O pai do meni¬≠no testou neg¬≠a¬≠ti¬≠vo.

O Par­que do Xin­gu é o lar de cer­ca de 7 mil indí­ge­nas de 16 etnias. Este ano o tradi­cional rito do Quarup, cel­e­bração de hom­e­nagem aos mor­tos, foi can­ce­la­do em todas as aldeias pela primeira vez. As lid­er­anças da ATIX (Asso­ci­ação Ter­ra Indí­ge­na Xin­gu) vêm real­izan­do um tra­bal­ho de con­sci­en­ti­za­ção a respeito da Covid-19, ori­en­tan­do a pop­u­lação do local sobre medi­das de pre­venção.
*Com infor¬≠ma√ß√Ķes da Revista Clau¬≠dia /Foto: Ricar¬≠do Beliel/Getty Images
PUBLICIDADE