PUBLICIDADE

economia

Ibovespa cai forte e dólar sobe a R$ 5,02

O Iboves¬≠pa opera em que¬≠da nes¬≠ta sex¬≠ta-feira (12), vol¬≠ta de feri¬≠ado na B3. O √≠ndice fecha o gap cri¬≠a¬≠do em rela√ß√£o aos ADRs (na pr√°ti¬≠ca, as a√ß√Ķes de empre¬≠sas brasileiras nego¬≠ci¬≠adas na bol¬≠sa de Nova York) na v√©spera. Ontem, o √≠ndice de ADRs Brazil Titans despen¬≠cou 8,7%. J√° o EWZ, √≠ndice que re√ļne as a√ß√Ķes de maior liq¬≠uidez da Bol¬≠sa brasileira, afun¬≠dou 7,84%.

O recuo foi cau­sa­do pelos temores de uma segun­da onda do coro­n­avírus ao mes­mo tem­po em que a maior parte dos país­es reabre suas econo­mias.

Hoje, causa pre­ocu­pação a que­da de 20,4% no Pro­du­to Inter­no Bru­to (PIB) do Reino Unido em abril na com­para­ção com o mês ante­ri­or. Foi a maior que­da já reg­istra­da em uma com­para­ção men­sal. Em relação a abril de 2019, o recuo foi de 24,5%.

Às 10h11 (horário de Brasília) o Iboves­pa tin­ha que­da de 2,92% a 91.926 pon­tos.

Já o dólar futuro para jul­ho opera em alta de 0,76% a R$ 5,016. O dólar com­er­cial sobe 1,69% a R$ 5,0215 na com­pra e a R$ 5,0233 na ven­da.

No mer­ca­do de juros futur­os, o DI para janeiro de 2022 tem que­da de três pon­tos-base a 3,05%, o DI para janeiro de 2023 cai dois pon­tos-base a 4,10% e o DI para janeiro de 2025 recua dois pon­tos-base a 5,65%.

Ambiente político e combate ao coronavírus

O noti¬≠ci√°rio pol√≠ti¬≠co se divide entre as ten¬≠ta¬≠ti¬≠vas do pres¬≠i¬≠dente Jair Bol¬≠sonaro de refor√ßar a sua base de apoio, as inves¬≠ti¬≠ga√ß√Ķes sobre as fake news e o com¬≠bate ao novo coro¬≠n¬≠av√≠rus.

Segun¬≠do o jor¬≠nal Fol¬≠ha de S.Paulo, o min¬≠istro Og Fer¬≠nan¬≠des, do Supe¬≠ri¬≠or Tri¬≠bunal de Justi√ßa ‚Äödeve decidir nes¬≠ta sex¬≠ta-feira se autor¬≠iza o com¬≠par¬≠til¬≠hamen¬≠to do inqu√©ri¬≠to das fake news com as a√ß√Ķes que pedem a cas¬≠sa√ß√£o da cha¬≠pa de Jair Bol¬≠sonaro no Tri¬≠bunal Supe¬≠ri¬≠or Eleitoral (TSE).

Ain¬≠da em Bras√≠lia, Bol¬≠sonaro recriou, na quar¬≠ta-feira √† noite, o Min¬≠ist√©rio das Comu¬≠ni¬≠ca√ß√Ķes. A pas¬≠ta ser√° coman¬≠da¬≠da pelo dep¬≠uta¬≠do fed¬≠er¬≠al F√°bio Faria (PSD-RJ), gen¬≠ro de S√≠lvio San¬≠tos, que √© dono da rede de tele¬≠vis√£o SBT.

O Min¬≠ist√©rio das Comu¬≠ni¬≠ca√ß√Ķes ficar√° respon¬≠s√°v¬≠el por uma s√©rie de √°reas, entre elas a pol√≠ti¬≠ca de comu¬≠ni¬≠ca√ß√£o social do gov¬≠er¬≠no e o leil√£o das fre¬≠qu√™n¬≠cias de 5G.

O avan√ßo do coro¬≠n¬≠av√≠rus √© out¬≠ro assun¬≠to que fica no radar. Segun¬≠do o √ļlti¬≠mo bal¬≠an√ßo do Min¬≠ist√©rio da Sa√ļde, o Brasil total¬≠iza 802.828 casos con¬≠fir¬≠ma¬≠dos e 40.919 √≥bitos.

Panorama corporativo

Entre os destaques cor¬≠po¬≠ra¬≠tivos, a min¬≠er¬≠ado¬≠ra Vale infor¬≠mou que obteve lim¬≠i¬≠nar para sus¬≠pender decis√£o ante¬≠ri¬≠or que exi¬≠gia da com¬≠pan¬≠hia R$ 7,9 bil¬≠h√Ķes em garan¬≠tias para asse¬≠gu¬≠rar o paga¬≠men¬≠to de even¬≠tu¬≠ais mul¬≠tas pelo desas¬≠tre de Bru¬≠mad¬≠in¬≠ho (MG).

‚ÄúO desem¬≠bar¬≠gador con¬≠sider¬≠ou que n√£o h√° ele¬≠men¬≠tos que evi¬≠den¬≠ciem riscos futur¬≠os de des¬≠cumpri¬≠men¬≠to de uma pos¬≠te¬≠ri¬≠or decis√£o sobre o caso, por parte da Vale‚ÄĚ, afir¬≠mou a empre¬≠sa no comu¬≠ni¬≠ca¬≠do.

J√° a Latam Air¬≠lines Brasil e a Delta Air Lines apre¬≠sen¬≠taram na quar¬≠ta-feira ao Con¬≠sel¬≠ho Admin¬≠is¬≠tra¬≠ti¬≠vo de Defe¬≠sa Econ√īmi¬≠ca (Cade) uma ver¬≠s√£o pre¬≠lim¬≠i¬≠nar do acor¬≠do de joint ven¬≠ture. O proces¬≠so de aprova√ß√£o reg¬≠u¬≠lat√≥ria rep¬≠re¬≠sen¬≠ta o primeiro pas¬≠so para o acor¬≠do.

Uma vez garan¬≠ti¬≠das as aprova√ß√Ķes reg¬≠u¬≠lat√≥rias, a parce¬≠ria ir√° conec¬≠tar as mal¬≠has a√©reas com¬≠ple¬≠mentares das empre¬≠sas entre as Am√©ri¬≠c¬≠as do Norte e do Sul.

E as admin¬≠istrado¬≠ras de shop¬≠pings seguem retoman¬≠do as suas oper¬≠a√ß√Ķes com as medi¬≠das de flex¬≠i¬≠bi¬≠liza¬≠√ß√£o do iso¬≠la¬≠men¬≠to social.

*com infor¬≠ma√ß√Ķes InfoMoney / Foto: Spencer Platt/Getty Images
PUBLICIDADE