PUBLICIDADE

brasil

Em live, Bolsonaro nega ter tratado de cargos para articular aprovação da reforma

 

 - REVISTA MAISJR

(Crédito: Agência Brasil)

 

O presidente Jair Bolsonaro, que esteve reunido com presidentes e l√≠deres de seis partidos para discutir a proposta da Nova Previd√™ncia, disse ontem √† noite (4) em v√≠deo ao vivo em rede social que, ao contr√°rio do que foi propagado por parte da m√≠dia, n√£o tratou, em nenhum momento de cargos.¬†‚ÄúO Brasil est√° acima dos nossos interesses, quem falou isso caiu do cavalo‚ÄĚ, declarou.

O presidente tamb√©m rebateu a informa√ß√£o de que teria gravado as conversas com os l√≠deres. ‚ÄúIsso n√£o existe. Jamais darei oportunidade para quebrar a confian√ßa com os parlamentares. Eu acredito que o parlamento brasileiro vai fazer sua parte, n√£o s√≥ na quest√£o da reforma da previd√™ncia, como nas demais propostas que tramitam na C√Ęmara‚ÄĚ, disse.

Durante a transmiss√£o, o presidente tamb√©m afirmou que ir√° anunciar, na pr√≥xima semana, a cria√ß√£o do 13¬ļ sal√°rio para o Bolsa Fam√≠lia. ‚ÄúL√° atr√°s, o PT negou no Senado o projeto que tratava desse assunto. Ent√£o, resolvemos por aqui, pelo Executivo, tratar dele‚ÄĚ, disse o presidente, detalhando que os recursos vir√£o do combate √†s fraudes no programa.

O presidente também disse que seu governo cumpriu 95% das metas estipuladas para os primeiros cem dias e que irá se empenhar para alcançar os 5% restantes.