PUBLICIDADE

3.0 - NEG√ďCIOS

Consumo de energia elétrica e gasolina no Estado de São Paulo tem queda

A gasolina e a energia el√©trica puxaram pra baixo o consumo paulista de energia em 2015. √Č o que mostra o Balan√ßo Energ√©tico do Estado de S√£o Paulo, publicado nesta sexta-feira, 23 de setembro, pela Secretaria de Energia e Minera√ß√£o. Segundo o relat√≥rio, a soma de todas as energias consumidas no Estado no ano passado, registrou uma redu√ß√£o de 1,3% em rela√ß√£o ao ano anterior. Foram consumidos 72 milh√Ķes de toe (tonelada de √≥leo equivalente) em 2015, contra 72,9 milh√Ķes de toe no ano anterior.

Em valores nominais a maior queda foi da gasolina, que recuou de 8,1 milh√Ķes de metros c√ļbicos consumidos em 2014 para 7,1 milh√Ķes em 2015. A eletricidade, que representa 17% do total de energia consumida no Estado, teve uma retra√ß√£o de 5.617 Gigawatt-hora (GWh) de 2014 para 2015. O total de eletricidade utilizada em 2015 foi de 145.106 GWh.

Para o secret√°rio de Energia e Minera√ß√£o do Estado de S√£o Paulo, Jo√£o Carlos Meirelles, esses n√ļmeros s√£o resultado da desacelera√ß√£o da economia nacional. ‚ÄúA crise econ√īmica que o Brasil vive nos √ļltimos dois anos se traduz diretamente no consumo dos energ√©ticos. S√£o as empresas reduzindo a produ√ß√£o, o transporte movimentando menos carga e as pessoas economizando na energia el√©trica, no g√°s e no combust√≠vel. Em 2016, ainda teremos um consumo pr√≥ximo ao do ano passado e apenas a partir do segundo semestre de 2017 deveremos ter uma produ√ß√£o econ√īmica que impacte no aumento do consumo de energ√©ticos‚ÄĚ, explica.

Apenas o etanol e o baga√ßo de cana, que juntos representam 33% do consumo de energ√©ticos do Estado, foram os √ļnicos que registraram aumento em 2015, totalizando 14,4% e 9%, respectivamente.

PUBLICIDADE