PUBLICIDADE

brasil

Começa neste domingo a reaplicação do Enem

Começa amanhã (9) a reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. A nova rodada do exame, que segue no próximo domingo (16), é destinada a quem estava inscrito no Enem regular, mas teve a aplicação prejudicada de alguma forma. Também fazem o exame as pessoas privadas de liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL).

Nesta edição, fazem ainda as provas os candidatos inscritos no Enem 2020 que tiveram direito à isenção da taxa de inscrição e não compareceram às provas daquele ano. Pelas regras do exame, eles perderiam o direito a não pagar a taxa, mas por conta da pandemia, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), esses candidatos tiveram um novo prazo de inscrição no Enem 2021 e a isenção novamente garantida.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais An√≠sio Teixeira (Inep), ao todo, mais de 340 mil candidatos est√£o inscritos para as provas nos dias 9 e 16 de janeiro. Desses, 54.231 est√£o inscritos no Enem PPL, que √© aplicado desde 2010 pelo Inep, em parceria com o Minist√©rio da Justi√ßa e Seguran√ßa P√ļblica, por meio do Departamento Penitenci√°rio Nacional (Depen).

Além deles, são 280.145 os participantes que tiveram a taxa de isenção garantida. Somados a eles, segundo o Inep, estão os inscritos na reaplicação, 6.986 participantes que foram prejudicados de alguma forma na aplicação regular. Dentre eles, estão os casos dos estudantes prejudicados por conta da Operação Policial que ocorreu em São Gonçalo, Rio de Janeiro. O Inep afirma que todos os pedidos foram aprovados.

O exame será aplicado em 4.618 locais de prova, sendo 1.435 para o Enem PPL, 2.249 para os participantes isentos que se inscreveram após nova oportunidade e 934 para a reaplicação de quem teve o pedido aceito. Com relação a equipe de aplicação, são 54.053 pessoas envolvidas, sendo 10.470 para o Enem PPL, 40.315 para os isentos ausentes do Enem 2020 e 3.268 para a reaplicação.

Medidas contra a covid-19

Os participantes devem ficar atentos às regras de segurança para evitar a transmissão de covid-19. O uso de máscara facial cobrindo o nariz e a boca é obrigatório durante toda a realização das provas.

Candidatos devem ficar atentos ao Enem
Arte/ Agência Brasil

O participante pode levar um frasco de √°lcool l√≠quido ou em gel. O produto ser√° tamb√©m disponibilizado em todas as salas. Tamb√©m √© permitido usar luvas transparentes ou semitransparentes durante a realiza√ß√£o das provas. Todos esses equipamentos e itens de higiene pr√≥prios ser√£o vistoriados. √Č recomendado, ainda, que cada participante leve sua pr√≥pria garrafa de √°gua para consumo.

Em caso de sintomas equivalentes à covid-19, na semana anterior ou na véspera da aplicação, a orientação é para que o inscrito não compareça ao local de provas.

Provas

Assim como no Enem regular, os participantes far√£o em dois domingos quatro provas objetivas de 180 quest√Ķes, sendo 45 quest√Ķes em cada √°rea do conhecimento: linguagens, ci√™ncias humanas, ci√™ncias da natureza, al√©m da prova de reda√ß√£o.

O Enem regular foi aplicado nos dias 21 e 28 de novembro de 2021, tanto no formato impresso quanto no digital. Ao todo, mais de 2,1 milh√Ķes de candidatos em todo o pa√≠s fizeram as provas.

As provas do Enem regular e da reaplica√ß√£o s√£o compar√°veis, uma vez que as quest√Ķes s√£o retiradas do¬†banco nacional de itens¬†e tamb√©m porque o Enem utiliza, na corre√ß√£o, a chamada¬†teoria de resposta ao item. Esses fatores permitem que candidatos que tenham feito exames diferentes possam ser avaliados segundo os mesmos crit√©rios e possam disputar vagas em universidades.

O Enem seleciona estudantes para vagas do ensino superior p√ļblicas, pelo Sistema de Sele√ß√£o Unificada (Sisu), para bolsas em institui√ß√Ķes privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e serve de par√Ęmetro para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os resultados tamb√©m podem ser usados para ingressar em institui√ß√Ķes de ensino portuguesas que t√™m conv√™nio com o Inep.

PUBLICIDADE