PUBLICIDADE

brasil

Brasil e México pretendem aumentar comércio bilateral

Na última sexta-feira (7) o Brasil e o México concordaram em revisar dois acordos comerciais para aumentarem as trocas bilaterais. A informação foi concedida pelos Ministérios da Economia e das Relações Exteriores.

As reuniões, que ocorreram no fim de maio, mas só foram divulgadas recentemente, discutiram que o primeiro acordo a ser revisto será o que estabeleceu preferências tarifárias a cerca de 800 produtos, assinado em setembro de 2002. Já o segundo, assinado entre o Mercosul e o México, é em relação comércio automotivo. Este documento também foi firmado em setembro de 2002, porém foi revisto no fim de 2012 para incluir quotas anuais de importação de veículos com tarifa zero.

A delegação brasileira teve como chefia o secretário de Negociações Bilaterais e Regionais nas Américas do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Pedro Miguel da Costa e Silva, e pelo secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Lucas Ferraz. Sobre a mexicana, foi chefiada pela subsecretária de Comércio Exterior da Secretaria de Economia, Luz María de la Mora.