PUBLICIDADE

7.0 - MANUALtecnologia

Aprenda como transformar sua televisão em uma Smart TV

Os avanços tecnológicos mudaram a forma como assistimos televisão. Hoje, as Smart TVs são a prova de que nossos meios de comunicação estão cada vez mais conectados à internet. A possibilidade de assistir vídeos, streaming, filmes e jogar games sob demanda mudou o perfil do telespectador além do meio por onde ele consome informações.

Entretanto, o que o espectador moderno não sabe, é que para conseguir conectar o aparelho à internet, não é preciso que ele venha com a função Smart de fábrica. Para isso, existem formas caseiras de utilizar conteúdos online na TV comum.

Um dos métodos mais simples e que exige poucos recursos é utilizar o notebook. Basta ter um laptop e uma TV com entradas HDMI e um cabo HDMI para conectá-los e transmitir imagem e áudio em alta definição no aparelho televisor. Vale ressaltar que isto não irá transformar seu aparelho em “smart”, mas irá transmitir o conteúdo de um aparelho para outro.

Outra forma viável é utilizar um console de videogame. Os consoles mais modernos permitem tornar a TV uma verdadeira central multimídia. Modelos como Xbox One e Playstation 4 contam com uma infinidade de recursos que levam o usuário a ir além dos jogos, como navegar na internet, acessar as redes sociais, baixar aplicativos, assistir filmes online e até mesmo controlar os demais itens ligados à eles.

Existem ainda alguns dispositivos próprios, como a Apple TV e o Chromecast. O primeiro tem um hardware que convert o televisor em um aparelho ultramoderno e vem com controle remoto para manusear tudo sem a necessidade de um smartphone.  Já o Chromecast permite, na sua última versão, a conexão entre smartphone, computador, tablet e TV. Basta conectar o dispositivo na entrada HDMI da TV, ligar o cabo USB numa fonte de energia e sincronizá-los por meio do Chrome.

Também é possível mudar as funções da TV utilizando Computer Sticks e aparelhos Android TV Box. A ideia é parecida com as anteriores, no entanto, esses gadgets não são fabricados por grandes marcas e possuem configuração de um minicomputador com sistema operacional Android. Apesar do baixo custo, o desempenho pode decepcionar.

PUBLICIDADE