PUBLICIDADE

brasil

Paulo Guedes estuda limitar supersal√°rios do funcionalismo p√ļblico

Nesta √ļltima sexta-feira, a colunista de um grande ve√≠culo de circula√ß√£o nacional, divulgou que o ministro da economia Paulo Guedes, estuda uma proposta para limitar os supersal√°rios do funcionalismo p√ļblico. A ideia¬†√© limitar a remunera√ß√£o, no m√°ximo, √† m√©dia salarial de funcion√°rios em fun√ß√£o semelhante a do setor privado.

Conforme um relat√≥rio divulgado pelo Banco Mundial em 2017, os gastos do Brasil com os servidores alcan√ßaram 13,1% do PIB em 2015 – dados estes que s√£o os √ļltimos dispon√≠veis. Estes √≠ndices s√£o superiores aos de pa√≠ses como¬†Austr√°lia e os Estados Unidos e n√£o est√£o relacionados a um excedente de funcion√°rios p√ļblicos, e sim, √† remunera√ß√£o dos mesmos.

Situação alarmante

Com base nos dados do IBGE, o Banco Mundial levantou que o setor p√ļblico paga em m√©dia sal√°rios 70% mais altos do que os distribu√≠dos pela iniciativa privada formal ‚ÄĒR$ 44.000 contra R$ 26.000 anuais – Ou seja, tr√™s vezes mais do que recebem os trabalhadores informais, que s√£o R$ 16.000 por ano.