Viagens

Vendas on-line corresponderão a um terço do comércio de passagens de ônibus até 2023

As vendas online de passagens rodoviárias atualmente correspondem a cerca de 6% do total de bilhetes comercializados no país. Esse índice pode chegar a 29% em 2023, indica a mais recente edição do estudo E-Rodoviário, desenvolvido pela ClickBus, plataforma de vendas on-line de passagens de ônibus no Brasil. Um levantamento revelou que o e-commerce brasileiro sofreu 553 tentativas de fraude por hora em 2018 – o equivalente a uma tentativa de fraude a cada seis segundos.

Para evitar transtornos na hora de comprar pela internet, escolha sempre um site confiável, como os sites oficiais dos terminais rodoviários. O consumidor pode verificar se o tráfego de dados é criptografado por meio do símbolo de um cadeado, que aparece no lado esquerdo da barra de endereços do browser. Isso significa que se trata de um ambiente seguro para realizar compras on-line.

As lojas virtuais não pedem a senha do cartão de crédito, por isso o consumidor não deve em hipótese alguma fornecer essa informação. Para aumentar a segurança, evite utilizar computadores públicos ao realizar compras, uma vez que as máquinas podem conter vírus e gravar seus dados. Mesmo para as operações feitas pelo smartphone, é imprescindível estar alerta sobre os arredores, pois pode ocorrer furto de senhas por meio do Wi-Fi em lugares públicos.

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista