PUBLICIDADE

política

Presidente volta a criticar medidas de isolamento

O pres­i­dente Jair Bol­sonaro afir­mou nes­ta quar­ta-feira (3) que não pode resolver o iso­la­men­to ado­ta­do por Esta­dos para frear a dis­sem­i­nação da Covid-19 e afir­mou que as pes­soas estão chegan­do no lim­ite no país.

Ao con¬≠ver¬≠sar com apoiadores na sa√≠¬≠da do Pal√°¬≠cio da Alvo¬≠ra¬≠da, o pres¬≠i¬≠dente falouque n√£o pode ‚Äúresolver tudo soz¬≠in¬≠ho‚ÄĚ e que o pa√≠s s√≥ n√£o est√° em crise gra√ßas √† aju¬≠da emer¬≠gen¬≠cial de 600 reais dada pelo gov¬≠er¬≠no a infor¬≠mais.

Em sua fala, Bol¬≠sonaro falou sobre a situ¬≠a√ß√£o finan¬≠ceira dos brasileiros. ‚ÄúPobre est√° fican¬≠do mis¬≠er√°v¬≠el e classe m√©dia fican¬≠do pobre. Est√° fican¬≠do todo mun¬≠do igual no Brasil e parece que n√£o tem no√ß√£o quan¬≠do vai acabar tudo isso‚ÄĚ, afir¬≠mou.

Ao ouvir ape¬≠los para inter¬≠ferir na situ¬≠a√ß√£o nos Esta¬≠dos, Bol¬≠sonaro disse aos apoiadores que os eleitores devem se preparar mel¬≠hor para votar. ‚ÄúO povo vai se con¬≠sci¬≠en¬≠ti¬≠zan¬≠do do que est√° acon¬≠te¬≠cen¬≠do no Brasil. Acabar com esse oba oba de acred¬≠i¬≠tar no pop¬≠ulis¬≠mo, votar no cara bonit¬≠in¬≠ho, no men¬≠tiroso de sem¬≠pre. Vamos bus¬≠car solu√ß√£o a cur¬≠to pra¬≠zo, vai chegar a hora de tomar a decis√£o‚ÄĚ, declar¬≠ou.

Foto: repro­dução redes soci­ais

PUBLICIDADE