4.7 // gastronomiamanual

Nova apresentação do famoso Tiramisù Piselli

Não se sabe ao certo a procedência do Tiramisù, porém, apesar dele conter em sua receita bolacha champanhe – ou também conhecida como biscoito inglês – a certeza de que o doce é italiano é absoluta. Muitos acreditam que o Tiramisù é proveniente de Treviso, região do Vêneto, na Itália. O nome já nos dá uma pista. Provém do italiano Tirami sù, que significa literalmente “puxa-me para cima”, mas poderíamos traduzi-lo para “eleva-me”, uma vez que esta deliciosa sobremesa italiana nos leva ao sétimo céu. Deve este nome ao facto dos ingredientes necessários para a sua preparação serem muito energéticos: ovos, açúcar, café e queijo mascarpone.

Sendo assim, como um local que preza pela autenticidade da alta gastronomia italiana, o Piselli anuncia que mantem a receita de seu tiramisù e renova a apresentação. Os clientes que pedirem a sobremesa, poderão provar a mais tradicional receita da iguaria, feita com um delicioso biscoito champanhe, embebido em calda de café e licor de Amaretto, coberto com creme de mascarpone e pó de cacau.

“Até agora nós tínhamos o Tiramisù com biscoito caseiro, feito em nossas casas, assim como são nossas massas, mas percebemos que faltava algo que ficasse como a mais perfeita combinação italiana e, após testes, percebemos que precisávamos trocar a bolacha, algo tão essencial na montagem, pelo biscoito champanhe”, explica Juscelino Pereira, proprietário do Piselli. “Além disso, preciso admitir: está melhor, ainda!”, finaliza.

Foto: Reprodução

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista