PUBLICIDADE

brasil

Inscritos no Enem querem prova em maio de 2021

O Min¬≠ist√©rio da Edu¬≠ca√ß√£o (MEC) e o Insti¬≠tu¬≠to Nacional de Estu¬≠dos e Pesquisas Edu¬≠ca¬≠cionais An√≠¬≠sio Teix¬≠eira (Inep) divul¬≠gar¬≠am, hoje (1¬ļ), o resul¬≠ta¬≠do da enquete para a escol¬≠ha do novo per√≠o¬≠do de apli¬≠ca√ß√£o das provas do Exame Nacional do Ensi¬≠no M√©dio (Enem) 2020. Para 49,7% dos estu¬≠dantes, o Enem impres¬≠so deve ser apli¬≠ca¬≠do em 2 e 9 de maio de 2021 e o Enem dig¬≠i¬≠tal em 16 e 23 de maio.

As out¬≠ras op√ß√Ķes de data eram o Enem impres¬≠so em 6 e 13 de dezem¬≠bro deste ano e Enem dig¬≠i¬≠tal em 10 e 17 de janeiro de 2021, com 15% dos votos; e Enem impres¬≠so em 10 e 17 de janeiro de 2021 e Enem dig¬≠i¬≠tal em 24 e 31 de janeiro, com 35,3% dos votos dos estu¬≠dantes.

As provas, que acon­te­ceri­am em novem­bro deste ano, foram adi­adas em função das medi­das de enfrenta­men­to à pan­demia da covid-19.

A pesquisa com os estu¬≠dantes foi aber¬≠ta no dia 20 de jun¬≠ho na P√°gi¬≠na do Par¬≠tic¬≠i¬≠pante e 1,113 mil¬≠h√£o de estu¬≠dantes, que rep¬≠re¬≠sen¬≠tam 19,3% dos inscritos no exame, respon¬≠der¬≠am de for¬≠ma vol¬≠un¬≠t√°ria. O Enem 2020 tem pouco mais de 5,7 mil¬≠h√Ķes de inscritos.

Data

De acor¬≠do com o pres¬≠i¬≠dente do Inep, Alexan¬≠dre Lopes, a data escol¬≠hi¬≠da pelos estu¬≠dantes ain¬≠da n√£o √© a ofi¬≠cial, mas ser√° lev¬≠a¬≠da em con¬≠ta para a defini√ß√£o. ‚ÄúMais de 80% pedi¬≠ram para faz¬≠er a pro¬≠va no ano que vem. √Č uma opini√£o impor¬≠tante, mas n√£o √© a √ļni¬≠ca fonte de decis√£o‚ÄĚ, disse, ressaltan¬≠do que poder√° ser, inclu¬≠sive, uma data difer¬≠ente daque¬≠las que foram colo¬≠cadas na enquete.

Lopes expli¬≠cou que o MEC e o Inep ir√£o, ago¬≠ra, con¬≠sul¬≠tar o Con¬≠sel¬≠ho Nacional de Secret√°rios de Edu¬≠ca√ß√£o (Consed), que est√£o tratan¬≠do do crono¬≠gra¬≠ma das aulas no ensi¬≠no m√©dio, e as asso¬≠ci¬≠a√ß√Ķes que rep¬≠re¬≠sen¬≠tam as insti¬≠tu¬≠i√ß√Ķes de ensi¬≠no supe¬≠ri¬≠or, para saber quan¬≠do pre¬≠ten¬≠dem come√ßar o primeiro semes¬≠tre ano que vem. ‚ÄúA data sair√° desse proces¬≠so de con¬≠stru√ß√£o cole¬≠ti¬≠va‚ÄĚ, disse.

A expec­ta­ti­va é que a definição do perío­do de apli­cação da pro­va seja anun­ci­a­do daqui duas ou três sem­anas. Segun­do Lopes, inde­pen­den­te­mente da data, o gov­er­no está se preparan­do para garan­tir a segu­rança san­itária dos par­tic­i­pantes e das pes­soas que tra­bal­ham na apli­cação do Enem, com a disponi­bi­liza­ção de álcool em gel e más­caras, além de diminuir a quan­ti­dade de estu­dantes nas salas.

Para o secret√°rio-exec¬≠u¬≠ti¬≠vo do MEC, Anto¬≠nio Paulo Vogel, caso o Enem 2020 seja real¬≠iza¬≠do em maio do ano que vem, isso prej¬≠u¬≠di¬≠caria o primeiro semes¬≠tre leti¬≠vo das uni¬≠ver¬≠si¬≠dades. ‚Äú√Č uma var¬≠i√°v¬≠el que ser√° lev¬≠a¬≠da em con¬≠sid¬≠er¬≠a√ß√£o no debate com as insti¬≠tu¬≠i√ß√Ķes‚ÄĚ, expli¬≠cou.

Sisu e Enade

Paulo Vogel disse que o por¬≠tal do Sis¬≠tema de Sele√ß√£o Unifi¬≠ca¬≠da (Sisu) j√° est√° aber¬≠to para a con¬≠sul¬≠ta de vagas para ingres¬≠so no segun¬≠do semes¬≠tre deste ano, nas uni¬≠ver¬≠si¬≠dades e insti¬≠tu¬≠tos fed¬≠erais de ensi¬≠no. As inscri√ß√Ķes v√£o de 7 a 10 de jul¬≠ho.

O pres­i­dente do Inep, Alexan­dre Lopes, tam­bém anun­ciou que a pro­va do Exame Nacional de Desem­pen­ho dos Estu­dantes (Enade) de 2020, que acon­te­ceria em novem­bro, será adi­a­da para 2021 em razão da pan­demia da covid-19 e dos prob­le­mas para a con­clusão do crono­gra­ma do segun­do semes­tre leti­vo. A nova data ain­da será defini­da. O Enade avalia o desem­pen­ho dos estu­dantes e dos cur­sos de ensi­no supe­ri­or.

Edição: Fer­nan­do Fraga/AB

PUBLICIDADE