PUBLICIDADE

Mercado

Empresa bate recorde e comercializa 5 milh√Ķes de doses de s√™men em 2018

 - REVISTA MAISJR

(Cr√©di¬≠to: Repro¬≠du√ß√£o) 

A Alta Genet¬≠ics, l√≠der no mer¬≠ca¬≠do de mel¬≠ho¬≠ra¬≠men¬≠to gen√©ti¬≠co bovi¬≠no do mun¬≠do, com sede na cidade de Uber¬≠a¬≠ba em Minas, se tornou a primeira empre¬≠sa a com¬≠er¬≠cializar 5 mil¬≠h√Ķes de dos¬≠es de s√™men em um ano. A mar¬≠ca super¬≠ou a meta para 2018, que era de 4,5 mil¬≠h√Ķes, e rep¬≠re¬≠sen¬≠ta um rompi¬≠men¬≠to de uma bar¬≠reira hist√≥ri¬≠ca no mer¬≠ca¬≠do de gen√©ti¬≠ca.

Segun­do dados da Asso­ci­ação Brasileira de Insem­i­nação Arti­fi­cial (ABISA), no primeiro semes­tre de 2018, as empre­sas de genéti­ca somadas com­er­cializaram 5.106.718 dos­es, um cresci­men­to de 9% em relação a 2017. No mes­mo perío­do, a Alta cresceu 17%, quase o dobro do mer­ca­do.

De acor¬≠do com o Dire¬≠tor da Alta no Brasil, Hev¬≠er¬≠ar¬≠do de Car¬≠val¬≠ho, diver¬≠sos fatores influ¬≠en¬≠cia¬≠ram ness¬≠es resul¬≠ta¬≠dos, des¬≠de o inves¬≠ti¬≠men¬≠to de 1,2 mil¬≠h√£o em treina¬≠men¬≠tos da equipe de cam¬≠po, para que pudessem dar o mel¬≠hor suporte t√©c¬≠ni¬≠co aos clientes; os mais de 96 escrit√≥rios espal¬≠ha¬≠dos pelo pa√≠s para garan¬≠tir um atendi¬≠men¬≠to √°gil e de qual¬≠i¬≠dade; at√© fatores de mer¬≠ca¬≠do como as expor¬≠ta√ß√Ķes de carne que tiver¬≠am uma recu¬≠per¬≠a√ß√£o em 2018, desta¬≠ca Car¬≠val¬≠ho.

‚ÄúEm 2015 j√° sa√≠¬≠mos na frente e atingi¬≠mos a mar¬≠ca de 4 mil¬≠h√Ķes de dos¬≠es. Super¬≠ar esse feito em 2018, sig¬≠nifi¬≠ca que esta¬≠mos no cam¬≠in¬≠ho cer¬≠to em ser par¬≠ceiro dos pecuar¬≠is¬≠tas, aju¬≠dan¬≠do-os na iden¬≠ti¬≠fi¬≠ca√ß√£o e solu√ß√£o dos prob¬≠le¬≠mas, para con¬≠tin¬≠uar¬≠mos superan¬≠do bar¬≠reiras‚ÄĚ, acres¬≠cen¬≠ta Car¬≠val¬≠ho.

Para 2019, a meta da cen¬≠tral √© crescer 10% e com¬≠er¬≠cializar 5.5 mil¬≠h√Ķes de dos¬≠es de s√™men. ‚ÄúQuer¬≠e¬≠mos con¬≠tin¬≠uar avan√ßan¬≠do, amplian¬≠do pro¬≠gra¬≠mas impor¬≠tantes como Alta Advan¬≠tage, Alta CRIA, Plano Gen√©ti¬≠co, Alta Gest√£o, entre out¬≠ros, que foram igual¬≠mente rel¬≠e¬≠vantes na con¬≠quista dos resul¬≠ta¬≠dos desse ano‚ÄĚ, acres¬≠cen¬≠ta. De acor¬≠do com o Dire¬≠tor, a empre¬≠sa deve encer¬≠rar o ano com avan√ßo de 19% nas ven¬≠das se com¬≠para¬≠do a 2017. De janeiro a novem¬≠bro a o setor de corte apre¬≠sen¬≠tou um cresci¬≠men¬≠to de 23%, enquan¬≠to que no leite o avan√ßo foi de 6%.

PUBLICIDADE