brasildossiê

Criança de 12 anos é ferida por bala perdida na Rocinha

 

Uma menina de 12 anos foi ferida por uma bala perdida na Rocinha, Zona Sul do Rio, no fim da noite desta quarta-feira. A vítima foi atingida no momento em que deixava uma igreja evangélica na comunidade, de acordo com testemunhas. O projétil atingiu a jovem na barriga e saiu por uma das nádegas. Ana Clara Barbosa da Silva foi levada de ambulância da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da comunidade e, em seguida, para o Hospital municipal Miguel Couto, na Gávea, onde, durante a madrugada desta quinta-feira, precisou passar por cirurgia.

Segundo testemunhas, a jovem foi baleada depois que um bandido “armado e encapuzado” invadiu um supermercado localizado na Rua 2, próximo à Igreja Nova Aliança Cristã, onde congregaram a menina e seus familiares, por volta das 22h45m. Em seguida, contam os moradores, um homem que seria funcionário do estabelecimento comercial saiu do local correndo para a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha para alertar os PMs sobre o crime. O assaltante, então, efetuou disparos na direção do homem e um dos projéteis atingiu a menina.

– Não tem segurança. Isso não acontecia antigamente (assaltos a moradores e estabelecimentos da comunidade. Ela (a vítima) é evangélica e tinha ido à igreja para uma apresentação de dança. A família foi acompanhar a apresentação – disse uma testemunha que, com medo de represálias, pediu para não ser identificada.

Já a Polícia Militar informou que o disparo que feriu a jovem foi proveniente de uma briga entre dois homens que ocorreu próximo à igreja. Ainda segundo a corporação, os disparos, a princípio, não teriam sido efetuados em um confronto entre criminosos de facções rivais.

Os policiais militares da UPP da comunidade não chegaram a socorrer a garota, disseram os moradores.

Durante esta madrugada, parentes da menina estiveram no hospital para acompanhar a evolução do quadro de saúde da menina. A cirurgia foi concluída por volta das 3h. Segundo a família, o quadro da menina é estável e ela não corre risco de morrer.

SEGURANÇA DE ROGÉRIO 157 É PRESO NA ROCINHA

Também nesta quarta-feira, policiais do Batalhão de Choque prenderam um homem apontado como segurança de Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, que protagonizou recentemente uma violenta disputa pelo controle da venda de drogas na comunidade. Identificado como Francelino dos Santos de Souza, conhecido como Celino, de 35 anos, ele foi localizado num imóvel na Rua 2.

Contra Francelino, havia três mandados de prisão pelo crime de homicídio. Rogério 157 é tido como o chefe do tráfico na Rocinha e continua foragido. Vários de seus comparsas foram presos desde que a guerra na comunidade estourou, há pouco mais de um mês. Na ocasião, Rogério teria trocado de facção após romper com o ex-aliado Antônio Bonfim Lopes, o Nem, que cumpre pena em presídio federal.

 

Foto: Reprodução

Fonte: O Globo

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista