PUBLICIDADE

economia

Comércio e serviços geram 28 mil vagas em setembro em São Paulo

Em prepara√ß√£o para o per√≠o¬≠do de final de ano, os setores do com√©r¬≠cio ‚Äď vare¬≠jista e ata¬≠cadista ‚Äď e de servi√ßos em S√£o Paulo ger¬≠aram, no m√™s de setem¬≠bro, 27.721 empre¬≠gos for¬≠mais. Foram 296.820 con¬≠trata√ß√Ķes ante 269.099 desliga¬≠men¬≠tos.

No total, os dois setores fecharam o nono mês do ano com estoque de 10.192.080 vín­cu­los tra­bal­his­tas, o mel­hor resul­ta­do des­de 2014 para os meses de janeiro a setem­bro.

Os dados foram divul­ga­dos hoje (8) pela Fed­er­ação do Comér­cio de Bens, Serviços e Tur­is­mo do Esta­do de São Paulo (Fecom­er­cioSP).

‚ÄúFoi con¬≠sol¬≠i¬≠da¬≠do o proces¬≠so ain¬≠da exis¬≠tente de recu¬≠per¬≠a√ß√£o de vagas for¬≠mais no com√©r¬≠cio e em servi√ßos. Isso, porque hou¬≠ve aumen¬≠to do con¬≠sumo das fam√≠lias, o que per¬≠mi¬≠tiu ao empres√°rio ampli¬≠ar o quadro de fun¬≠cion√°rios diante do aumen¬≠to da deman¬≠da, reflexo da infla√ß√£o con¬≠tro¬≠la¬≠da, que¬≠da dos juros e cr√©di¬≠to menos cus¬≠toso‚ÄĚ, disse, em nota, a enti¬≠dade.

O lev­an­ta­men­to da Fecom­er­cioSP anal­isa o nív­el de emprego do comér­cio vare­jista, ata­cadista e de serviços por meio de dados do Cadas­tro Ger­al de Empre­ga­dos e Desem­pre­ga­dos do Min­istério do Tra­bal­ho (Caged).

Fonte: Agên­cia Brasil

PUBLICIDADE