PUBLICIDADE

mundo

Canad√° se aproxima de zero em n√ļmero de mortes por Covid-19

As ini¬≠cia¬≠ti¬≠vas do Canad√° para achatar a cur¬≠va de casos do novo coro¬≠n¬≠av√≠rus colo¬≠caram o pa√≠s pr√≥x¬≠i¬≠mo de zero no n√ļmero de mortes por Covid-19 pela primeira vez des¬≠de mar√ßo. Mas as autori¬≠dades veem sinais pre¬≠ocu¬≠pantes de pos¬≠s√≠v¬≠el nova onda con¬≠forme as prov√≠n¬≠cias sus¬≠pen¬≠dem as restri√ß√Ķes.

Durante meses, os canadens¬≠es seguiram regras r√≠gi¬≠das de sa√ļde p√ļbli¬≠ca sobre movi¬≠men¬≠tos soci¬≠ais, enquan¬≠to as dez prov√≠n¬≠cias fecharam rap¬≠i¬≠da¬≠mente grandes partes de suas econo¬≠mias, aumen¬≠taram a real¬≠iza¬≠√ß√£o de testes e a capaci¬≠dade das unidades de trata¬≠men¬≠to inten¬≠si¬≠vo.

Algu¬≠mas prov√≠n¬≠cias proibi¬≠ram via¬≠gens inter¬≠nas, enquan¬≠to Ottawa proibiu a entra¬≠da de vis¬≠i¬≠tantes inter¬≠na¬≠cionais, fechou a fron¬≠teira ter¬≠restre para via¬≠gens n√£o essen¬≠ci¬≠ais com os Esta¬≠dos Unidos ‚ÄĒ que se tornaram um epi¬≠cen¬≠tro glob¬≠al da pan¬≠demia -, desta¬≠can¬≠do tam¬≠b√©m equipes mil¬≠itares para tra¬≠bal¬≠har em casas de repouso atingi¬≠das pelo v√≠rus.

Oito novas mortes por causa do novo coro¬≠n¬≠av√≠rus foram reg¬≠istradas na noite de ter√ßa-feira (14), atingin¬≠do um total de 8.798, segun¬≠do dados do gov¬≠er¬≠no, enquan¬≠to o n√ļmero total de casos cresceu em 331, para 108.486. Em con¬≠traste, os Esta¬≠dos Unidos esta¬≠b¬≠ele¬≠ce¬≠r¬≠am recen¬≠te¬≠mente um recorde di√°rio de 60.500 novos casos reg¬≠istra¬≠dos, enquan¬≠to o n√ļmero total de mortes subiu para mais 135 mil.

Espe¬≠cial¬≠is¬≠tas em sa√ļde e pol√≠ti¬≠cos temem que os sac¬≠ri¬≠f√≠¬≠cios feitos pelos canadens¬≠es pos¬≠sam ser em v√£o, con¬≠forme o pa√≠s se dirige √† reaber¬≠tu¬≠ra total, incluin¬≠do esco¬≠las, espe¬≠cial¬≠mente na regi√£o cen¬≠tral, a mais pop¬≠u¬≠losa do Canad√°. As autori¬≠dades dos Esta¬≠dos Unidos lutam para con¬≠ter a propa¬≠ga√ß√£o dos casos ao sul da fron¬≠teira.

‚ÄúTodos est√£o se preparan¬≠do para uma poten¬≠cial alta de casos‚Ķ Eu acred¬≠i¬≠to que isso seja inevit√°v¬≠el‚ÄĚ, disse Isaac Bogoch, espe¬≠cial¬≠ista em doen√ßas infec¬≠ciosas no Hos¬≠pi¬≠tal Ger¬≠al de Toron¬≠to.

‚ÄúReabrir a econo¬≠mia n√£o √© um cam¬≠in¬≠ho lin¬≠ear. Haver√° reveses e n√≥s, muito provavel¬≠mente, ter¬≠e¬≠mos de resta¬≠b¬≠ele¬≠cer restri√ß√Ķes de sa√ļde p√ļbli¬≠ca em algu¬≠mas √°reas por causa de even¬≠tu¬≠ais n√ļmeros ina¬≠ceit√°veis de novos casos.‚ÄĚ

Fonte: Agên­cia Brasil

PUBLICIDADE