dossiêmundo

Ataques com faca matam pessoas pela Europa

Um homem esfaqueou pedestres na cidade de Wuppertal, na região ocidental da Alemanha, na tarde desta sexta-feira (18), informou a mídia local.

As autoridades alemãs confirmaram uma morte e oitos feridos e investigam as motivações do ataque. A cidade de Wuppertal fica na região da Renânia do Norte-Vestfália, a cerca de 40 minutos de Düsseldorf.

O autor do ataque teria conseguido fugir, mas as autoridades locais já teriam iniciado as buscas. Segundo a polícia local, não há indícios de que possa ser um ataque terrorista, mas a hipótese não pode ser descartada.

Trata-se do segundo registro de esfaqueamento na Europa ocorrido nesta sexta-feira. Há poucas horas, um homem matou um e deixou oito feridos na cidade finlandesa de Turku. Os ataques ocorrem no dia seguinte a dois atentados realizados por terroristas na Catalunha, que deixaram ao menos 14 mortos e mais de 130 feridos.

 

FinlândiaDuas pessoas morreram e outras seis foram feridas a facadas nesta sexta-feira (18), no centro de Turku, na Finlândia, de acordo com a polícia local.

Inicialmente a agência Reuters informou oito feridos, mas dois deles morreram.

Os policiais dispararam e atingiram o suspeito na coxa. Ele foi detido logo em seguida.

As autoridades ainda não confirmaram a motivação por trás do ataque.

Uma testemunha afirmou à CNN que um homem com uma faca grande correu e atingiu quem estava pela frente. “Havia sangue por todo lado”, afirmou Kent Svensson, de 44 anos.

Outra testemunha fez um relato similar. “Vimos um homem na praça, com uma faca na mão, balançando no ar. Entendemos que ele havia atingido alguém”, disse Laura Laine à agência local YLE.

A Finlândia é considerada um país pacífico, mas o serviço de inteligência já havia elevado o nível de ameaça terrorista em junho deste ano, afirmando que havia maior risco de planos terroristas no país.

As autoridades pediram para que as pessoas evitem o centro da cidade, que fica no sudoeste do país a cerca de 140 quilômetros da capital Helsinki.

A polícia fez buscas por outros suspeitos, mas apenas o esfaqueador foi detido.

O policiamento foi imediatamente reforçado em aeroportos, estações de trem e outras áreas-chave no país.

O incidente ocorreu um dia depois de dois ataques em Barcelona, que deixaram mortos e feridos.

 

 

Fotos: Reprodução

Fonte: G1/IstoÉ/OGlobo/ÚltimoSegundo

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista