PUBLICIDADE

sa√ļde

Saiba mais sobre o metabolismo e confira algumas dicas para acelerá-lo

Sempre ouvimos falar que nosso metabolismo basal fica mais lento com o avanço da idade. Mas afinal, você sabe o que é metabolismo?

Assim chamamos o processo pelo qual o corpo produz energia para manter as fun√ß√Ķes vitais. Seu funcionamento depende de in√ļmeros fatores, como gen√©tica, alimenta√ß√£o, atividade f√≠sica, peso, estatura, sexo e, claro, idade. ‚ÄúEm qualquer fase da vida em que haja piora dos h√°bitos alimentares e de atividade f√≠sica, h√° um preju√≠zo na taxa metab√≥lica e uma tend√™ncia ao ganho de peso‚ÄĚ, afirma a endocrinologista Dra. Suemi Marui. Entretanto, ela explica que ap√≥s os 30 anos, este preju√≠zo √© mais percebido – especialmente pelas mulheres.

Estudos demonstram que o metabolismo n√£o est√° 100% ligado apenas √† idade, mas sim √† soma das mudan√ßas na alimenta√ß√£o e atividade f√≠sica em virtude da fase de vida, tais como casamento, vida profissional e a chegada dos filhos. Al√©m disso, a falta de alguns horm√īnios tamb√©m leva √† lentid√£o do metabolismo, como tireoidiano, cortisol e o horm√īnio de crescimento.

‚ÄúAp√≥s os 60 anos, h√° uma redu√ß√£o importante na taxa de metabolismo basal tanto em homens como em mulheres. Os estudos correlacionam esta queda √† redu√ß√£o da massa muscular‚ÄĚ, revela a m√©dica do Alta. Dra. Suemi refor√ßa que o metabolismo diminui na maioria das vezes como um mecanismo de prote√ß√£o, para economizar ou conservar a energia para fun√ß√Ķes importantes, como respirar. ‚ÄúA redu√ß√£o da taxa metab√≥lica nesses termos tamb√©m acarreta sensa√ß√£o de cansa√ßo, fadiga e indisposi√ß√£o para as atividades f√≠sicas. E isso se torna um ciclo vicioso que pode acarretar em ganho de peso‚ÄĚ, diz ela.

Geralmente 60% e 70% da energia s√£o utilizadas para a manuten√ß√£o das fun√ß√Ķes vitais (respira√ß√£o, funcionamento do cora√ß√£o, manuten√ß√£o da temperatura corporal, etc.). Outros 10% a 12% do consumo de energia total s√£o utilizados no processo de digest√£o e aproveitamento dos alimentos. Os 18 a 30% restantes s√£o utilizados na manuten√ß√£o do organismo (processos cicatriciais, imunol√≥gicos e de crescimento) e nas atividades cotidianas. Toda “sobra” de energia √© armazenada sob a forma de gordura ou glicog√™nio (a√ß√ļcar) para o uso posterior em eventual necessidade.

Quer saber como acelerar o metabolismo? Seguem algumas dicas da Dra. Suemi Marui:

РLembre-se que a intensidade e a frequência de atividade física determinam o nível de gasto calórico. Por isso, exercite-se pelo menos 3 vezes por semana;

– O exerc√≠cio aumenta o metabolismo, e quanto maior a atividade aer√≥bica, maior o metabolismo. Em longo prazo, quanto mais atividade f√≠sica fizermos, adquirimos maior quantidade de m√ļsculos e consequentemente o metabolismo aumenta;

– N√£o existe nenhum alimento que comprovadamente aumente o metabolismo. Cafe√≠na, ch√° verde e pimenta s√£o conhecidos como termog√™nicos, mas o aumento √© muito leve. Para elevar o metabolismo seria necess√°rio consumi-los em concentra√ß√Ķes extremamente altas e invi√°veis no dia-a-dia, sob o risco de problemas card√≠acos e gastrointestinais.

Foto: Reprodução

PUBLICIDADE