PUBLICIDADE

saúde

Enxaqueca pode ter relação com a postura

Não são apenas gripes, resfriados ou o stress que causam dores de cabeça. Você sabia que a sua postura pode ser a grande causadora daquelas terríveis crises de enxaqueca?

A postura que você adota para desenvolver as atividades do dia-a-dia, como dormir, trabalhar, pegar algo mais pesado e até para caminhar são extremamente importantes não apenas para a própria coluna, mas para o bem-estar geral do organismo.

A má postura, especialmente para quem trabalha o dia inteiro sentado, pode causar tensão na parte superior das costas, pescoço e ombros, o que pode ocasionar uma dor de cabeça. Tipicamente, as pulsações começam na base do crânio e se espalham pelo rosto, especialmente na testa.

O Prof. Dr. Jose Rosário, phD em coluna e fundador da rede de clínicas licenciadas, Doutor da Coluna, o ideal é evitar ficar sentado ou em pé, em uma única posição, por um longo período de tempo. “Se a pessoa passa muito tempo ao telefone, por exemplo, o ideal é usar ferramentas, como fones. Isso vai ajudar a pessoa a não colocar o telefone entre a cabeça e o ombro, costume que causa tensão nos músculos e também pode causar dores de cabeça”, explica.

O especialista alerta também para os chamados pontos gatilhos, que podem desencadear crises de dor de cabeça e enxaquecas. Os pontos gatilhos miofaciais, pequenos nódulos palpáveis que se encontram em faixas musculares tensas e que podem causar dores espontaneamente, podem levar à dor miofacial. As causas para isso, são: lesões nos discos intervertebrais, fadiga geral, movimentos repetitivos, imobilização de algum membro, falta de vitaminas e sais minerais, entre outras condições. Para desengatilhar esses pontos, são empregadas diversas técnicas por um fisioterapeuta. A mais indicada é a técnica de liberação do ponto gatilho.

O Dr. ressalta, ainda, que os pontos gatilhos podem gerar dores a distância! “É muito frequente que pontos gatilhos no pescoço causem as enxaquecas. Os médicos procuram na cabeça, solicitam ressonâncias magnéticas e não encontram uma causa. Nestes casos, remédios são pouco eficazes. Já tive paciente sofrendo de enxaquecas por mais de 20 anos! Essas dores de cabeça podem desaparecer em um dia se tratamos a fonte da dor, que no caso é o pescoço”, explica.

Foto: Reprodução

PUBLICIDADE