PUBLICIDADE

s√£o paulo

Butantan confirma três novas variantes do coronavírus em São Paulo

Três novas variantes do novo coronavírus foram confirmadas no estado de São Paulo por testes diagnósticos realizados pelo Instituto Butantan. As novas cepas foram encontradas na Baixada Santista e nas cidades paulistas de Itapecerica da Serra e Jardinópolis.

Em Itapecerica da Serra, foi confirmada a presen√ßa da variante B.1.318, encontrada na Su√≠√ßa e no Reino Unido. J√° na Baixada Santista foi encontrada a variante sul-africana B.1.351, j√° identificada anteriormente na cidade de Sorocaba. E em Jardin√≥polis foi encontrada a N9, uma muta√ß√£o da variante amaz√īnica P1, j√° observada em v√°rios estados brasileiros.

Segundo o Butantan, a variante sul-africana é a que mais preocupa. As outras duas são, por enquanto, variantes de interesse, ou seja, elas são monitoradas com atenção, mas ainda não indicam um possível agravamento da pandemia.

O instituto diz que ainda é cedo para afirmar que essas variantes são mais transmissíveis ou mais agressivas do que as variantes brasileiras P1 e P2.

‚ÄúEsses estudos mostram que tem muita variante em S√£o Paulo. Precisamos de pol√≠ticas de conten√ß√£o e respeitar o distanciamento para que a gente n√£o fique espalhando variantes‚ÄĚ, disse, em nota, a vice-diretora do Centro de Desenvolvimento Cient√≠fico do Instituto Butantan, Maria Carolina Quartim Barbosa Elias Sabbaga.

O surgimento de novas variantes gera preocupação em todo o mundo porque há o risco de que elas sejam mais transmissíveis e mais mortais. As variantes também podem ser mais resistentes às vacinas.

Segundo o Butantan, as muta√ß√Ķes do novo coronav√≠rus indicam que a pandemia est√° longe de ser controlada. Por isso, √© fundamental o uso de m√°scara, a higieniza√ß√£o das m√£os com √°gua e sab√£o ou √°lcool gel e manuten√ß√£o do distanciamento social.

Procurada pela¬†Ag√™ncia Brasil, a Secretaria Estadual da Sa√ļde de S√£o Paulo informou que a paciente de Itapecerica da Serra, cujo exame confirmou a variante su√≠√ßa, apresentou um quadro cl√≠nico leve, de s√≠ndrome gripal. O mesmo ocorreu ao paciente com a N.9.

Variantes de atenção

Segundo a Secretaria da Sa√ļde, tr√™s variantes s√£o consideradas atualmente de aten√ß√£o em todo o mundo devido √†s evid√™ncias de aumento de transmissibilidade ou de gravidade. S√£o elas a P1 (Manaus), a B.1.1.7 (do Reino Unido) e a B.1.351 (que surgiu primeiramente na √Āfrica do Sul).

Ainda segundo a secretaria, 114 casos aut√≥ctones dessas tr√™s variantes¬†foram confirmados no¬†estado de S√£o Paulo at√© ontem (26),¬†sendo 102 deles da P1. Casos aut√≥ctones significam que a transmiss√£o da doen√ßa ou do v√≠rus foi local,¬†sem que o paciente apresente hist√≥rico de viagem para outras regi√Ķes.

Treze casos da variante de Manaus (P1) foram notificados na capital. Mas houve casos registrados tamb√©m nas cidades de Araraquara (12), Andradina (1),¬† Ara√ßatuba (3), Avanhandava (2), Bauru (3), Birigui (4), Biritiba Mirim (1), Bocaina (1), Cajamar (1), Diadema (3), Dois C√≥rregos (1),¬† Dracena (1), Esp√≠rito Santo do Pinhal (1), Fernand√≥polis (1), General Salgado (1), Guapiara (2), Icem (1), Ipigu√° (1), Ituverava (1), Ja√ļ (10), Len√ß√≥is Paulista (4), Lins (3), Martin√≥polis (1), Mat√£o (3), Mau√° (4), Mococa (4), Orl√Ęndia (1), Osasco (1),¬† Pederneiras (1), Po√° (1); Porto Feliz (1), Presidente Prudente (3); Presidente Venceslau (1), Rio Grande da Serra (1), Salto (1); Santa L√ļcia (1), Santo Andr√© (1), S√£o Bernardo do Campo (5), S√£o Jos√© do Rio Preto (1), S√£o Jos√© dos Campos (2), Sorocaba (1), Taquaritinga (2), Tarabai (1), e Tiet√™ (1).

J√° as nove confirma√ß√Ķes da variante do Reino Unido no estado foram observadas na capital (5), Peru√≠be (1), Jacare√≠ (1), Guarulhos (1), e Bauru (1).

Quanto à variante sul-africana, dois casos foram observados em Sorocaba e um na cidade de Santos.

CoronaVac

Estudos t√™m demonstrado que a CoronaVac, vacina produzida pelo Instituto Butantan com a farmac√™utica chinesa Sinovac, √© eficaz contra a muta√ß√£o D614G, que predomina atualmente no mundo e √© comum √†s linhagens B.1.1.28 (da qual derivam as variantes P.1 (amaz√īnica) e P.2 (surgida no Rio de Janeiro) e B.1.1.33 (da qual deriva a variante N9).

Um estudo preliminar feito em mais de 67 mil profissionais da sa√ļde de Manaus que tiveram diagn√≥stico confirmado de covid-19 comprovou que a¬†vacina tem 50% de efici√™ncia contra a variante P.1, ap√≥s 14 dias de aplica√ß√£o da primeira dose.

Edição: Lílian Beraldo