PUBLICIDADE

7.0 - MANUALviagem

6 parques urbanos impressionantes ao redor do mundo

As grandes metrópoles do mundo não se orgulham de seus parques urbanos à toa – estes espaços conquistam moradores e turistas com elementos como esportes, cultura, história e lindas paisagens que deixam seus hectares prontos para serem desbravados de forma agradável.

Se forem paisagens famosas em filmes ou tiverem um histórico dramático, com resquícios que ainda possam ser visitados, melhor ainda! Um espaço natural bem no meio da cidade que serve para tomar sol, descansar, visitar obras de arte ou apenas contemplar a natureza, entre dezenas de outras opções, torna estes lugares uma espécie de “jardim secreto”, um refúgio para momentos de cansaço ou estresse.

Conheça 6 parques impressionantes da América do Norte, América Latina e Europa que o público de Norte a Sul do Brasil não pode deixar de visitar em suas próximas viagens.

Confira abaixo:

  1. Parc du Cinquantenaire, Bruxelas – monumento nacional e parque urbano

Considerado ponto turístico obrigatório, o Parc du Cinquentenaire é um dos principais parques urbanos de Bruxelas. É recomendado reservar um dia inteiro no local se desejar ver todas as atrações. Para os moradores da cidade, o parque é um lugar frequente de contemplação, relaxamento, leitura, esporte, passeio, piquenique e diferentes feiras, exposições e festivais no ano. O Cinquantenaire foi criado em 1880 pelo rei Leopoldo II para comemorar os 50 anos de independência da Bélgica e tem como principal marca seus grandiosos arcos, que são a porta de entrada para os 30 hectares de lindos jardins, fontes, esculturas, monumentos e o lago principal.

  1. Bosques de Palermo, Buenos Aires – passeio tranquilo e relaxante

No dia 11 de novembro de 1875, o então presidente da Argentina, Nicolás Avellaneda, inaugurou o Bosques de Palermo, em Buenos Aires, afirmando que o povo agora poderia passear no seu próprio “Bois de Boulogne, Hyde Park ou Central Park”. Ele não estava brincando. Os mais de 80 hectares que formam o parque contam com atrações como o Monumento de los Españoles, presente da Espanha para marcar o centenário da Revolução de Maio, e o Rosedal, com mais de 18 mil rosas rodeadas por um lago. Passeio imperdível para quem gosta de flores, animais, estátuas e belas paisagens cinematográficas.

  1. Bois de Boulogne, Paris – história e diversão para todas as idades

Parte de uma antiga floresta exclusiva para caça de ursos e cervos pela realeza desde o ano 629 do que viria a se tornar a França, o Bois de Boulogne só veio ficar acessível ao público por ordem do Rei Louis XVI no século 18 que, com sua esposa, Rainha Maria Antonieta, utilizavam-no para entretenimento. O Château de Bagatelle, construído para o casal, sobreviveu à Revolução e continua de pé – foi dos arredores do edifício que Santos Dumont decolou com o 14-Bis e, na Villa Windsor, ali próxima, viveram e morreram os infames Duques de Windsor. O parque oferece mais de trinta e cinco quilômetros de trilhas, um autêntico paraíso para todos aqueles que queiram desfrutar da natureza.

  1. Hyde Park, Londres – lagos e amplos espaços para caminhadas e prática de ciclismo

Os mais de 142 hectares que hoje formam o Hyde Park, em Londres, foram privados durante centenas de anos. O terreno originalmente pertencia aos monges da Abadia de Westminster, até que o Rei Henrique VIII o comprou para ser seu local de caça de cervos em 1536. Apenas em 1637, no reino de Charles I, o local foi aberto ao público em geral. E que bom que isso aconteceu! Os londrinos e turistas fazem uso diário do parque aos milhões todos os anos, seja apenas para pegar um sol, escapar um pouco do barulho ao redor, nadar ou passear de barco no lago Serpentine, correr ou jogar tênis e futebol.

  1. Central Park, Nova York – parque mais famoso do mundo

Mundialmente famoso e cenário de centenas de filmes e séries americanas, o Central Park é o primeiro parque público planejado dos Estados Unidos e um dos maiores símbolos de Nova York. Em funcionamento desde a segunda metade do século 19, a ampla área verde corta boa parte de Manhattan e conta com uma extensa lista de atrações que varia de acordo com a estação do ano. Porém, sua história não é muito glamorosa. Com a cidade em expansão e sem espaços verdes para o público fugir um pouco das ruas e prédios, em 1850, cerca de 1,6 mil pessoas que criavam gado na área foram despejadas para a construção e o local ainda sofreu por anos com a falta de fundos para manutenção.

  1. Bosque de Chapultepec, Cidade do México – castelo no meio da cidade

Segundo maior parque urbano desta lista e o maior da América Latina, o Bosque de Chapultepec compreende uma área de 686 hectares que, na era Pré-Colombiana, servia de retiro a governantes astecas e até hoje é sede do palácio presidencial. Lá fica o Castillo de Chapultepec, bem no topo da colina a 2.325 metros acima do nível do mar, com incríveis interiores que serviram de locação para o filme Romeu + Julieta com Leonardo DiCaprio e Claire Danes. Ali perto, o Zoológico de Chapultepec e seus 5 milhões de visitantes anuais que passam para admirar os quase 2 mil animais. O castelo e o zoológico formam a área mais popular de todo o parque.

 Fotos: Reprodução

 

PUBLICIDADE