dossiêNegócios

Vai sacar o FGTS? Conheça opções para investir no próprio negócio

Neste sábado (8), cerca de 7,7 milhões de trabalhadores poderão fazer saques referentes aos recursos referentes às contas inativas do FGTS. O segundo lote de pagamento representa um total de R$ 11,2 bilhões, de acordo com a Caixa Econômica Federal.

Até o momento, a liberação dos valores já injetou R$ 5,5 bilhões na economia nacional e, nesse cenário de movimentação econômica, o sonho de abrir o próprio negócio está cada vez mais próximo.

Redes que oferecem a possibilidade de parcelamento do investimento inicial da franquia surgem como opção para quem quer aproveitar o dinheiro extra, mesmo que em menor quantidade, para realizar o sonho de empreender.

Pensando nisso, listamos algumas empresas que oferecem melhores condições para o empreendedor.

The Voucher – A marca é a primeira franquia de cupons de desconto via aplicativo no Brasil, com benefícios que proporcionam ao cliente uma economia de 30% a 100% em produtos, serviços e eventos. Com um modelo antifalência, em que o franqueado só paga royalties mediante a conquista de cada cliente, o formato home based tem investimento entre R$ 10 mil e R$ 20 mil e faturamento médio mensal estimado em quase R$ 15 mil. Parte da holding Grupo VA, a marca permite parcelar o investimento inicial, sendo 50% à vista e o restante em quatro vezes.

Crazy4Mugs – Especializada em presentes criativos, como copos e canecas e com licenciamento exclusivo de grandes marcas, a rede oferece o formato de quiosque que se adequa a qualquer espaço disponível nos shoppings. O investimento varia de R$ 88 mil a R$ 100 mil, sendo que 1/3 do valor total do investimento pode ser parcelado em até oito vezes.

Sigbol Fashion – A Sigbol Fashion é a primeira franquia a oferecer em cursos profissionalizantes de confecção e moda. Desde 2015, a marca parcela o investimento em até três vezes, como forma de diluir o custo e preservar o recurso financeiro do novo franqueado que poderá utilizá-lo para alavancar o novo negócio. Além disso, a empresa oferece desconto de 50% na taxa de royalties durante o primeiro ano de operação da escola e de 25% no segundo ano. O investimento inicial varia entre R$ 79,9 mil e R$ 114,6 mil.

JAN-PRO – Especializada em limpeza comercial, a JAN-PRO se destaca por oferecer financiamentos desde o seu ingresso no franchising brasileiro, em 2011. O investimento inicial varia conforme o modelo de negócio escolhido, sendo microfranquia (a partir de R$ 7,5 mil), franquia gerencial (a partir de R$ 28,8 mil) e franquia empresarial (a partir de R$ 70,2 mil). Em todos os casos, a empresa faz o parcelamento em até 36 vezes e isenta a cobrança de taxa de publicidade, além de possibilitar a aquisição de contratos, garantindo ao franqueado o primeiro cliente.

 OdontoCompany – Maior rede de clínicas odontológicas do país, a OdontoCompany possui 320 franquias, sendo 120 delas em implantação. A marca faz parte da SMZTO Holding de Franquias Multissetoriais e têm o objetivo de levar tratamentos de qualidade e alta tecnologia de forma acessível a quem precisa. O investimento inicial da OdontoCompany varia entre de R$ 177.491 e R$ 287.384 e a taxa de franquia pode ser quitada em até 12 pagamentos, além disso, parceiros homologados da rede parcelam os custos com estrutura do ponto em até 48 vezes.

PartMed – A PartMed, rede de clínicas médicas da SMZTO Holding de Franquias Multissetoriais, entrou no franchising em 2016 e já tem duas unidades ativas e 11 em implantação, oferecendo consultas,  exames de diagnóstico, internações e cirurgias particulares. O investimento inicial varia de R$ 220 mil a R$ 360 mil e a taxa de franquia pode ser quitada em até 12 pagamentos. Além disso, parceiros homologados da rede parcelam os custos com estrutura em até 48 vezes.

 

Foto: Reprodução

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista