entretenimentoesporte

Copa do Mundo tem definições dos confrontos das quartas de final

A Copa do Mundo da FIFA de 2018, disputada na Rússia, conheceu oficialmente todos os participantes que integrarão a fase de quartas de final do torneio futebolístico mais importante do mundo.

O primeiro jogo das quartas acontece na sexta (06), às 11 horas (de Brasília), em Nizhny Novgorod, quando França e Uruguai se enfrentam.

Os franceses contam com a seleção mais jovem do torneio, e talvez a mais promissora. Pogba, Mbappé, Griezmann e companhia têm a missão de levar os franceses de volta às semifinais da Copa do Mundo, algo que não acontece desde 2006.

Do outro lado, o Uruguai deve ter o desfalque de Cavani, que sofreu uma lesão na panturrilha esquerda contra Portugal. A celeste aposta suas fichas na solidez defensiva e em Luis Suárez para alcançar as semifinais.

O segundo jogo das quartas de final acontece também na sexta (06), às 15 horas (de Brasília), na Arena Kazan. Na oportunidade, a seleção brasileira enfrenta a Bélgica.

O Brasil, do técnico Tite, pode ter as voltas do lateral-esquerdo Marcelo ao time titular e do atacante Douglas Costa ao banco de reservas.

A Bélgica tem o melhor ataque da competição e será, de fato, o primeiro grande desafio da seleção brasileira, em busca do hexacampeonato.

No sábado (07), às 11 horas, Inglaterra e Suécia se enfrentam na Cosmos Arena, em Samara, sonhando com a semifinal.

Os ingleses, inclusive, não chegam a tal fase há 28 anos,  quando terminaram a competição com o quarto lugar. Para avançar e furar o bom sistema defensivo sueco, os britânicos apostam suas fichas em Harry Kane, artilheiro do mundial com seis gols em três jogos.

Já os suecos, apostam em seu sólido sistema defensivo para surpreenderem, mais uma vez, e alcançarem as semifinais.

O último confronto das quartas de final é também um dos mais surpreendentes. A Rússia enfrenta a Croácia, também no sábado, às 15 horas (de Brasília), no Estádio Olímpico de Sochi.

A anfitriã foi responsável pela surpreendente eliminação espanhola nas oitavas de final e já conquista sua melhor campanha em Copas do Mundo, desde a independência da União Soviética. Antes, os russos nunca haviam sequer passado da fase de grupos.

Os croatas contam com a sua segunda geração de ouro para voltar a disputar uma semifinal de Copa do Mundo (a única vez foi na Copa da França, em 1998) e sonhar com uma inédita final.

 

Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista