PUBLICIDADE

economia

Com reabertura econ√īmica, American Airlines aumentar√° n√ļmero de voos dos EUA em julho

A Amer­i­can Air­lines disse que aumen­tará seu crono­gra­ma de voos nos Esta­dos Unidos no próx­i­mo mês plane­jan­do voar mais de 55% da sua capaci­dade domés­ti­ca de jul­ho de 2019.

A maior com­pan­hia aérea dos EUA tam­bém aumen­tará seu crono­gra­ma de voos inter­na­cionais, voan­do quase 20% do que voou em jul­ho de 2019.

Em com­para­ção, a Amer­i­can voou ape­nas 20% de seu crono­gra­ma domés­ti­co em maio e está voan­do 25% em jun­ho, disse Vasu Raja, vice-pres­i­dente sênior de estraté­gia de rede da Amer­i­can Air­lines.

‚ÄúComo com¬≠pan¬≠hia a√©rea, apos¬≠ta¬≠mos con¬≠scien¬≠te¬≠mente que a deman¬≠da volte. Apos¬≠ta¬≠mos na econo¬≠mia‚ÄĚ, disse Raja, obser¬≠van¬≠do que a Amer¬≠i¬≠can opera com um crono¬≠gra¬≠ma maior do que as rivais norte-amer¬≠i¬≠canas.

Raja disse à Reuters que a com­pan­hia aérea oper­aria pouco mais de 4 mil voos nos dias de pico em jul­ho, em com­para­ção com quase 2 mil nos dias de pico em maio. Isso ain­da está abaixo do pico de 6.800 voos diários de antes da crise.

No total, a Amer­i­can plane­ja voar 40% da capaci­dade de jul­ho de 2019.

No final de maio, a com¬≠pan¬≠hia a√©rea trans¬≠portou uma m√©dia di√°ria de cer¬≠ca de 110 mil clientes ‚ÄĒ um aumen¬≠to de 71% sobre a m√©dia di√°ria de 32 mil que a com¬≠pan¬≠hia a√©rea aten¬≠deu em abril, mas ain¬≠da √© um n√≠v¬≠el muito abaixo do ano pas¬≠sa¬≠do.

Por David Shep¬≠ard¬≠son / WASHINGTON (Reuters)

PUBLICIDADE