2.0 // dossiê2.1 // economia

Abaixo da meta do governo, inflação acelera e fica em 0,4%

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou nesta sexta-feira (8) o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), considerado o medidor oficial da inflação no Brasil. O índice acelerou para 0,4% em maio, após fechar abril em 0,22%.

No acumulado dos últimos 12 meses, o IPCA ficou em 2,86%. Valor ainda abaixo da meta mínima estipulada pelo governo, que é de 4,5%, tendo uma tolerância de 1,5%. Ou seja, o índice pode variar de 3% a 6%.

Os efeitos da greve dos caminhoneiros, que interrompeu a entrega de produtos em diversos setores no mês passado, só aumentará a inflação em junho.

Os maiores impactos no índice, de acordo com o IBGE, vieram dos preços de transportes e energia. Somente a gasolina, é responsável por um 0,15 ponto percentual na inflação do mês. Os preços da gasolina aumentaram, em média, 3,35% no mês, enquanto os do diesel subiram 6,16%.

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista