PUBLICIDADE

3.0 - NEGÓCIOS

Embraer e Boeing fecham acordo para joint venture

 - REVISTA MAISJR

As companhias aéreas Embraer e Boeing fecharam hoje (17) os termos para a criação de uma joint venture. De acordo com a proposta, a Boeing deterá 80% do controle pelo valor de US$ 4,2 bilhões, e a Embraer ficará com 20% de participação. O acerto, que cria uma nova empresa no valor de US$ 5,26 bilhões, será submetido ao governo brasileiro.

A Boeing terá o controle operacional e administrativo da empresa, e a Embraer o poder de decisão para alguns temas estratégicos, como o transporte das operações do Brasil. “A Boing e a Embraer possuem um relacionamento estreito após duas décadas de colaboração”, afirma Dennis Muilenburg, Presidente, Presidente e CEO da Boeing. “Estamos confiantes que esta parceria será de grande valor para o Brasil e para a indústria aeroespacial brasileira como um todo”, revela  Paulo César de Souza e Silva, presidente e CEO da Embraer.

A expectativa ̩ de que a empresa ṇo tenha impacto sobre a a̤̣o da Boeing em 2020, tendo um impacto positivo nos anos subsequentes. A joint venture deve gerar sinistros anuais de cerca de US $ 150 milh̵es Рantes de impostos Рat̩ o terceiro ano de opera̤̣o.

As empresas também fecharam acordo de uma joint venture para promover e desenvolver novos mercados para o cargueiro militar multimissão KC-390. De acordo com a parceria proposta, a Embraer terá 51% de participação e a Boing os 49% restantes. A expectativa é de que a negociação seja realizada até o final de 2019.

PUBLICIDADE