PUBLICIDADE

brasil

Polícia do Rio faz operação contra fraudes em vendas de respiradores

Min¬≠ist√©rio P√ļbli¬≠co do Esta¬≠do do Rio de Janeiro e a Pol√≠¬≠cia Civ¬≠il cumpri¬≠ram hoje (13) na cidade do Rio de Janeiro mais uma eta¬≠pa da oper¬≠a√ß√£o deflagra¬≠da no √ļlti¬≠mo dia 7 que inves¬≠ti¬≠ga uma orga¬≠ni¬≠za¬≠√ß√£o crim¬≠i¬≠nosa sus¬≠pei¬≠ta de fraudes no proces¬≠so de com¬≠pra de res¬≠pi¬≠radores pul¬≠monares pela Sec¬≠re¬≠taria Estad¬≠ual de Sa√ļde. O equipa¬≠men¬≠to √© essen¬≠cial para tratar casos mais graves da covid-19 nos hos¬≠pi¬≠tais flu¬≠mi¬≠nens¬≠es.

Os poli¬≠ci¬≠ais pren¬≠der¬≠am pre¬≠ven¬≠ti¬≠va¬≠mente Mau¬≠r√≠¬≠cio Fon¬≠toura, que, segun¬≠do as inves¬≠ti¬≠ga√ß√Ķes, √© o con¬≠tro¬≠lador da empre¬≠sa ARC Fon¬≠toura e um dos sus¬≠peitos de inte¬≠grar a orga¬≠ni¬≠za¬≠√ß√£o crim¬≠i¬≠nosa estru¬≠tu¬≠ra¬≠da para obter van¬≠ta¬≠gens em con¬≠tratos emer¬≠gen¬≠ci¬≠ais, com dis¬≠pen¬≠sa de lic¬≠i¬≠ta√ß√£o, para a aquisi√ß√£o dos res¬≠pi¬≠radores pul¬≠monares.

Tam­bém foi cumpri­do um man­da­do de bus­ca e apreen­são em Piraí, municí­pio do Sul Flu­mi­nense. Os man­da­dos foram expe­di­dos pela 1ª Vara espe­cial­iza­da de Crime Orga­ni­za­do do Tri­bunal de Justiça do Rio de Janeiro.

A a√ß√£o √© uma con¬≠tin¬≠u¬≠a√ß√£o da Oper¬≠a√ß√£o Mer¬≠cadores do Caos deflagra¬≠da na sem¬≠ana pas¬≠sa¬≠da que pren¬≠deu cin¬≠co acu¬≠sa¬≠dos de inte¬≠grar o esque¬≠ma fraud¬≠u¬≠len¬≠to. Segun¬≠do o Min¬≠ist√©rio P√ļbli¬≠co, o mate¬≠r¬≠i¬≠al apreen¬≠di¬≠do servir√° para instru¬≠ir as pr√≥x¬≠i¬≠mas eta¬≠pas da inves¬≠ti¬≠ga√ß√£o que est√° em anda¬≠men¬≠to

O Min¬≠ist√©rio P√ļbli¬≠co infor¬≠mou que o proces¬≠so est√° cor¬≠ren¬≠do sob seg¬≠re¬≠do de Justi√ßa e, por isso, n√£o pode dar detal¬≠h¬≠es da oper¬≠a√ß√£o.

A Ag√™n¬≠cia Brasil ten¬≠ta con¬≠ta¬≠to com um rep¬≠re¬≠sen¬≠tante da empre¬≠sa ARC Fon¬≠toura para obter um posi¬≠ciona¬≠men¬≠to.

Fonte: Agên­cia Brasil

PUBLICIDADE