PUBLICIDADE

tecnologia

Pesquisa realizada na 9ª Conferência do Ibracon aponta que perda de dados é o maior risco cibernético para empresas

Em meio √†s not√≠¬≠cias de ataque de hack¬≠ers, lev¬≠an¬≠ta¬≠men¬≠to feito com os par¬≠tic¬≠i¬≠pantes da 9¬™ Con¬≠fer¬≠√™n¬≠cia Brasileira de Con¬≠tabil¬≠i¬≠dade e Audi¬≠to¬≠ria Inde¬≠pen¬≠dente apon¬≠tou que a per¬≠da de dados (con¬≠fi¬≠den¬≠ci¬≠ais e/ou estrat√©gi¬≠cos) √© o prin¬≠ci¬≠pal risco para as empre¬≠sas. A pesquisa foi real¬≠iza¬≠da durante even¬≠to pro¬≠movi¬≠do pelo Ibra¬≠con ‚ÄĒ Insti¬≠tu¬≠to dos Audi¬≠tores Inde¬≠pen¬≠dentes do Brasil, nos dias 10 e 11 de jun¬≠ho, em S√£o Paulo, e que reuniu mais de 800 par¬≠tic¬≠i¬≠pantes.

Segun­do o lev­an­ta­men­to, 69% dos entre­vis­ta­dos con­sid­er­am a per­da de dados (con­fi­den­ci­ais e/ou estratégi­cos) o maior risco das empre­sas. Em segun­do lugar está o risco rep­uta­cional ou per­da finan­ceira, com 18% das respostas, segui­do por risco para a oper­ação dos difer­entes negó­cios da empre­sa, com 13%.

PUBLICIDADE