2.0 // dossiêmundo

Nos EUA, Bitcoin bate US$ 18 mil na bolsa

O bitcoin bateu na noite de domingo (10) a casa dos US$ 18 mil após o início das negociações de contratos futuros da polêmica moeda virtual no Chicago Board Options Exchange (CBOE). Os valores dispararam um quinto do seu lançamento, enquanto as ações asiáticas avançam diante de um otimismo sobre o crescimento global.

Sendo o contrato mais negociado na CBOE, o bitcoin abriu em US$ 15,4 mil em Nova Iorque no domingo à noite, antes de avançar para o máximo de US$ 18,7 – um ganho de 21%.

Os futuros são contratos liquidados em espécie, com base no preço do leilão de bitcoin em dólares americanos na Gemini Exchange, que é detida e operada pelos empreendedores de moeda virtual Cameron e Tyler Winklevoss.

A criptomoeda cresceu 15 vezes desde o início do ano, atraindo interesse institucional e muitos pontos de interrogação. O governador interino do Banco da Reserva da Nova Zelândia disse no domingo que o bitcoin parecia ser um “caso clássico” de uma bolha.

“Com uma bolha, nunca se sabe o quão longe vai ir antes de acontecer”, disse Grant Spencer à TVNZ.

Alguns participantes do mercado acreditam que as consequências para outros ativos financeiros de um potencial estouro da bolha vão ser limitadas.

 

Foto: Reprodução

Infográfico: Igor Estrella

Fonte: G1

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista