entretenimentoesporte

Modric põe fim à hegemonia Cristiano Ronaldo-Messi e é o novo melhor do mundo

O croata Luka Modric, do Real Madrid, teve sua fantástica temporada 2017-18 coroada, nesta segunda-feira (24), com o prêmio de melhor jogador do mundo, o FIFA The Best. Na cerimônia realizada em Londres, ele desbancou o atacante Cristiano Ronaldo, seu companheiro na última temporada no clube espanhol e hoje na Juventus, e o também atacante Mohamed Salah, do Liverpool. O meio-campista teve 29,05% dos votos, contra 19,08% do português e 11,23% do egípcio.

O top-10 dos melhores jogadores do mundo segundo a FIFA ficou definido da seguinte maneira:

  1. Modric (29,05%)
  2. Cristiano Ronaldo (19,08%)
  3. Salah (11,23%)
  4. Mbappé (10,52%)
  5. Messi (9,81%)
  6. Griezmann (6,69%)
  7. Hazard (5,65%)
  8. De Bruyne (3,54%)
  9. Varane (3,45%)
  10. Kane (0,98%)

Modric também acabou com uma hegemonia de dez anos entre Cristiano Ronaldo e Messi. Das últimas dez edições, o argentino levou cinco. Assim como o português. O último jogador que havia conquistado a premiação antes da hegemonia entre Cristiano Ronaldo e Messi foi o brasileiro Kaká, eleito melhor do mundo em 2007.

Após receber o prêmio das mãos do presidente da FIFA, Gianni Infantino, Modric fez questão de agradecer os torcedores e companheiros de Real Madrid e Croácia e ainda levou o ex-jogador Zvonimir Boban às lágrimas  com seu discurso. “Obrigado aos meus fãs do mundo inteiro pelo apoio. Fico feliz pelo apoio que me deram desde sempre. Gostaria de agradecer aqueles que votaram por mim. Gostaria de mencionar o meu ídolo do futebol, capitão da Croácia na Copa de 1998, em nossa primeira participação, quando ganhamos o terceiro lugar. Aquele time mostrou que poderíamos conquistar coisas grandes e, por sorte… Tivemos a sorte de ser a mesma coisa para as próxima gerações. E mostramos que o sonho pode ser realidade“, disse o croata.

O croata recebeu o prêmio após ser fundamental para a boa temporada do Real Madrid e para a grande campanha da Croácia na Copa do Mundo. Pelo clube madrilenho, Modric foi um dos pilares da equipe que conquistou sua terceira Liga dos Campeões consecutiva. Já pela seleção de seu país, Modric foi o principal jogador da equipe que se sagrou vice-campeã mundial.

Os representantes brasileiros que votaram foram o técnico Tite e o zagueiro e capitão Miranda. Enquanto o comandante votou em Modric para melhor do mundo com Salah em segundo e Cristiano Ronaldo em terceiro, o capitão votou em Cristiano para melhor do mundo, com Mbappé em segundo e Messi em terceiro.

Cristiano Ronaldo e Messi foram duas ausências sentidas na premiação. As duas estrelas alegaram agenda cheia e não compareceram ao evento.

 

Foto: Getty Images

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista