PUBLICIDADE

economia

Confian√ßa da ind√ļstria cresce 12,2 pontos em julho, diz FGV

O √ćndice de Con¬≠fi¬≠an√ßa da Ind√ļs¬≠tria medi¬≠do pela Fun¬≠da√ß√£o Getulio Var¬≠gas (FGV) cresceu 12,2 pon¬≠tos em jul¬≠ho, alcan√ßa¬≠do 89,8 pon¬≠tos, a segun¬≠da maior vari¬≠a√ß√£o pos¬≠i¬≠ti¬≠va da s√©rie hist√≥ri¬≠ca.

Em jul­ho, 18 dos 19 seg­men­tos indus­tri­ais pesquisa­dos tiver­am aumen­to da con­fi­ança. Segun­do a FGV, o resul­ta­do decorre de mel­hor avali­ação dos empresários em relação ao momen­to pre­sente e, prin­ci­pal­mente, diminuição do pes­simis­mo para os próx­i­mos três e seis meses.

O √ćndice de Expec¬≠ta¬≠ti¬≠vas (IE) subiu 14,3 pon¬≠tos, para 90,5 pon¬≠tos enquan¬≠to o √ćndice de Situ¬≠a√ß√£o Atu¬≠al (ISA) cresceu 9,9 pon¬≠tos, para 89,1 pon¬≠tos. Ambos, entre¬≠tan¬≠to, ain¬≠da se man¬≠t√™m em n√≠v¬≠el abaixo de mar√ßo. Nos √ļlti¬≠mos tr√™s meses, o IE recu¬≠per¬≠ou aprox¬≠i¬≠mada¬≠mente 78% das per¬≠das obser¬≠vadas em mar√ßo e abril, enquan¬≠to o ISA, atingiu 65%.

Segun¬≠do a econ¬≠o¬≠mista da FGV-IBRE, Rena¬≠ta de Mel¬≠lo Fran¬≠co, em jul¬≠ho, a con¬≠fi¬≠an√ßa da ind√ļs¬≠tria de trans¬≠for¬≠ma√ß√£o con¬≠tin¬≠u¬≠ou avan√ßan¬≠do impul¬≠sion¬≠a¬≠da pela diminui√ß√£o do pes¬≠simis¬≠mo para os pr√≥x¬≠i¬≠mos tr√™s meses. Ela obser¬≠vou que os indi¬≠cadores que medem a situ¬≠a√ß√£o atu¬≠al mostram que o grau de insat¬≠is¬≠fa√ß√£o com o momen¬≠to pre¬≠sente per¬≠manece ele¬≠va¬≠do.

‚ÄúNesse m√™s, chama a aten√ß√£o a recu¬≠per¬≠a√ß√£o dos indi¬≠cadores de pro¬≠du√ß√£o pre¬≠vista e emprego pre¬≠vis¬≠to sug¬≠erindo nova¬≠mente que, na opini√£o dos empres√°rios, o ter¬≠ceiro trimestre tende a ser mel¬≠hor do que o ante¬≠ri¬≠or. O baixo pata¬≠mar do indi¬≠cador de tend√™n¬≠cia dos neg√≥¬≠cios reflete cautela em rela√ß√£o √† veloci¬≠dade e con¬≠sist√™n¬≠cia da recu¬≠per¬≠a√ß√£o dada incerteza ain¬≠da muito ele¬≠va¬≠da‚ÄĚ, disse, em nota, a econ¬≠o¬≠mista.

Edição: Valéria Aguiar

PUBLICIDADE