PUBLICIDADE

brasiltecnologia

Como comprar online de forma segura?

Com¬≠prar pro¬≠du¬≠tos de onde estiv¬≠er e com a facil¬≠i¬≠dade de escol¬≠her a data de entre¬≠ga, al√©m de rece¬≠ber os itens em qual¬≠quer lugar, j√° √© roti¬≠na de grande parte dos brasileiros. Pro¬≠va dis¬≠so √© que, segun¬≠do uma pesquisa real¬≠iza¬≠da pelo NZN Intel¬≠li¬≠gence, 74% dos con¬≠sum¬≠i¬≠dores pref¬≠er¬≠em as lojas vir¬≠tu¬≠ais √†s f√≠si¬≠cas. No entan¬≠to, mes¬≠mo com a prati¬≠ci¬≠dade que os e‚ÄĎcommerces e mar¬≠ket¬≠places pro¬≠por¬≠cionam, as com¬≠pras no meio dig¬≠i¬≠tal tam¬≠b√©m podem ofer¬≠e¬≠cer riscos para a segu¬≠ran√ßa dos dados dos con¬≠sum¬≠i¬≠dores.

‚ÄúMes¬≠mo que a maior parte das lojas online sejam s√©rias, ain¬≠da √© necess√°rio seguir algu¬≠mas medi¬≠das de segu¬≠ran√ßa no e‚ÄĎcommerce. √Č fun¬≠da¬≠men¬≠tal se man¬≠ter aten¬≠to ao que n√£o faz muito sen¬≠ti¬≠do, como pre√ßos ‚Äėm√°gi¬≠cos‚Äô e pro¬≠pa¬≠gan¬≠das enganosas‚ÄĚ, afir¬≠ma Felipe Gon√ßalves, dire¬≠tor de Desen¬≠volvi¬≠men¬≠to de Neg√≥¬≠cios Globais para a PayU Brasil.

Con­fi­ra uma lista de dicas dadas pela empre­sa para efe­t­u­ar uma com­pra online de for­ma segu­ra. Con­fi­ra abaixo:

Com­pre através de sites seguros
Seja por meio de smart¬≠phones, tablets ou com¬≠puta¬≠dores, o ide¬≠al √© com¬≠prar ape¬≠nas em sites con¬≠fi√°veis. Antes de inserir infor¬≠ma√ß√Ķes pes¬≠soais ou finan¬≠ceiras, como o n√ļmero do cart√£o de cr√©di¬≠to, √© impor¬≠tante ver¬≠i¬≠ficar se o por¬≠tal tem a indi¬≠ca√ß√£o ‚ÄúHTTPS‚ÄĚ ou o √≠cone de cadea¬≠do no in√≠¬≠cio da URL ‚ÄĒ sinais que indicam segu¬≠ran√ßa.

Evite o uso de redes Wi-Fi aber­tas para faz­er com­pras
Com o aces¬≠so √† tec¬≠nolo¬≠gia cada vez mais difun¬≠di¬≠do, o n√ļmero de redes p√ļbli¬≠cas de Wi-Fi tem aumen¬≠ta¬≠do. E, emb¬≠o¬≠ra, ter inter¬≠net gra¬≠tui¬≠ta pr√≥x¬≠i¬≠ma de pra√ßas e caf√©s seja √≥ti¬≠mo, a pro¬≠pos¬≠ta tam¬≠b√©m pode apre¬≠sen¬≠tar riscos de segu¬≠ran√ßa. Ao min¬≠i¬≠mizar os req¬≠ui¬≠si¬≠tos para ini¬≠ciar uma sess√£o sem qual¬≠quer tipo de crip¬≠tografia pode sig¬≠nificar que grande parte da pro¬≠te√ß√£o integra¬≠da em dis¬≠pos¬≠i¬≠tivos sem fio est√° desati¬≠va¬≠da.

Descon­fie das óti­mas ofer­tas
Os ciber¬≠crim¬≠i¬≠nosos podem tirar proveito de grandes even¬≠tos ou datas espe¬≠ci¬≠ais como Black Fri¬≠day e Natal para atrair con¬≠sum¬≠i¬≠dores com descon¬≠tos sus¬≠peitos. Por isso, √© impor¬≠tante estar aten¬≠to aos e‚ÄĎmails, tex¬≠tos e men¬≠sagens nas redes soci¬≠ais com ofer¬≠tas que podem ser ques¬≠tion√°veis. Al√©m dis¬≠so, aces¬≠sar ao site dire¬≠ta¬≠mente do nave¬≠g¬≠ador ou pelo endere√ßo ofi¬≠cial da cam¬≠pan¬≠ha para ver¬≠i¬≠ficar se a pro¬≠mo√ß√£o √© real pode aju¬≠dar a min¬≠i¬≠mizar os riscos.

Ten­ha cuida­do com o phish­ing
Ess¬≠es e‚ÄĎmails, extrema¬≠mente sim¬≠i¬≠lares aos envi¬≠a¬≠dos orig¬≠i¬≠nal¬≠mente pelas mar¬≠cas, usam infor¬≠ma√ß√Ķes fal¬≠sas para obter dados pes¬≠soais dos con¬≠sum¬≠i¬≠dores, como n√ļmeros de cart√£o de cr√©di¬≠to, sen¬≠has de con¬≠ta, entre out¬≠ros. Por isso, o ide¬≠al √© nun¬≠ca com¬≠par¬≠til¬≠har essas infor¬≠ma√ß√Ķes por email e, se pos¬≠s√≠v¬≠el, entrar em con¬≠ta¬≠to com a empre¬≠sa ou dire¬≠to no site dela para checar a val¬≠i¬≠dade da pro¬≠mo√ß√£o ou o pedi¬≠do de dados.

Use a tec­nolo­gia a seu favor
Insti¬≠tu¬≠i√ß√Ķes finan¬≠ceiras, como ban¬≠cos e fin¬≠techs, ofer¬≠e¬≠cem um servi√ßo de men¬≠sagem que pode ser muito √ļtil aos con¬≠sum¬≠i¬≠dores. Por meio deles, √© pos¬≠s√≠v¬≠el con¬≠fig¬≠u¬≠rar avi¬≠sos por e‚ÄĎmail ou SMS de cada com¬≠pra real¬≠iza¬≠da com cart√Ķes de cr√©di¬≠to ou d√©bito, per¬≠mitin¬≠do que os con¬≠sum¬≠i¬≠dores este¬≠jam aler¬≠ta a qual¬≠quer movi¬≠men¬≠to sus¬≠peito em sua con¬≠ta, detectan¬≠do rou¬≠bos e ten¬≠ta¬≠ti¬≠vas de fraude assim que acon¬≠te¬≠cem.

 

PUBLICIDADE