mundo

China: morre jovem que se alimentou só de arroz e pimenta por 5 anos

O irmão de Wu Huayan, 24 anos, a garota que sobreviveu durante cinco anos com apenas uma alimentação à base de arroz e pimenta, informou essa semana que a jovem morreu. A família morava em Guizhou, uma das Províncias mais pobres do país.

Pesando apenas 20 quilos, ela havia sido hospitalizada em outubro de 2019 com problemas respiratórios. Desde então ela recebia doações de todas as partes do país, de pessoas que queriam ajudar em sua recuperação.

Na época em que resolveu divulgar seu caso para pedir auxílio, Wu disse ao jornal Chongqing Morning Post que tomara a decisão depois de ver o pai e a avó morrerem porque não tinham dinheiro para custear tratamentos de saúde.

“Não quero passar pela mesma coisa, ser obrigada pela pobreza a esperar pela morte”, afirmou.

Na ocasião, os médicos disseram que Wu, então no terceiro ano da faculdade, tinha problemas no coração e nos rins causados pelas severas privações alimentares pelas quais havia passado nos últimos cinco anos.

Uma vida de privações

Wu Huayan e o irmão perderam a mãe quando a menina tinha quatro anos. O pai morreu quando os dois ainda estavam na escola.

Wu separava para si mesma 2 yuans por dia, sobrevivendo basicamente de arroz e pimenta por cinco anos. Quando ela chegou ao hospital, media apenas 1,35 cm. A desnutrição a havia feito perder todos os cílios e metade dos cabelos, segundo os médicos.

Desigualdade cresceu na China nos últimos anos
Desigualdade cresceu na China nos últimos anos

Foto: Getty Images / BBC News Brasil

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista