PUBLICIDADE

brasilviagem

Brasileiros devem gastar até R$ 5 mil nas férias de julho

Um estu¬≠do in√©di¬≠to da Booking.com, l√≠der mundi¬≠al em conec¬≠tar os via¬≠jantes com op√ß√Ķes incr√≠veis de lugares para ficar, mostra que 67% dos brasileiros pre¬≠ten¬≠dem gas¬≠tar entre R$ 1 mil e R$5 mil nas f√©rias de inver¬≠no. Uma parcela menor (21%) tem um teto de gas¬≠tos mais baixo, de no m√°x¬≠i¬≠mo R$ 1 mil, e 12% dis¬≠ser¬≠am que sua viagem deve ficar entre R$5 mil e R$10 mil.

A pesquisa foi real¬≠iza¬≠da em maio deste ano com respon¬≠dentes nas cin¬≠co regi√Ķes do Pa√≠s e quer mostrar o per¬≠fil do via¬≠jante brasileiro durante o inver¬≠no, ofi¬≠cial¬≠mente de 21 de jun¬≠ho a 21 de setem¬≠bro, e que englo¬≠ba o per√≠o¬≠do de f√©rias esco¬≠lares do meio do ano. Dos brasileiros que dis¬≠ser¬≠am via¬≠jar nesse per√≠o¬≠do, 46% cos¬≠tu¬≠mam faz¬≠er essas via¬≠gens a dois e 36%, com a fam√≠lia.

Des­ti­nos domés­ti­cos preferi­dos

Den¬≠tre os des¬≠ti¬≠nos mais atraentes para os tur¬≠is¬≠tas que cos¬≠tu¬≠mam via¬≠jar nesse per√≠o¬≠do, as cidades brasileiras com ‚Äúcara de Europa‚ÄĚ desta¬≠cam-se como os √≠cones do inver¬≠no. Para 63% dos respon¬≠dentes, os des¬≠ti¬≠nos mais atraentes nesse per√≠o¬≠do s√£o as Ser¬≠ras Ga√ļchas e Catari¬≠nense, seguidas de per¬≠to pelas cidades ser¬≠ranas do Sud¬≠este (55%), como Cam¬≠pos do Jord√£o (SP), Monte Verde (MG) e Petr√≥po¬≠lis (RJ).

Mes¬≠mo assim, o Nordeste brasileiro con¬≠segue man¬≠ter sua relev√Ęn¬≠cia para o brasileiro nestes meses mais frios: 40% dis¬≠ser¬≠am que as pra¬≠ias do Nordeste s√£o o des¬≠ti¬≠no favorito para as f√©rias de inver¬≠no. Out¬≠ro des¬≠ti¬≠no que est√° no imag¬≠in√°rio dos tur¬≠is¬≠tas nes¬≠sa √©poca s√£o as cha¬≠padas e cidades do Cen¬≠tro-Oeste (37%), como Cal¬≠das Novas, Piren√≥po¬≠lis e Cidade de Goi√°s.

Via­gens inter­na­cionais

Ao con­sid­er­arem via­gens para o exte­ri­or, o des­ti­no que mais atrai o brasileiro para as férias do meio do ano é a Europa (75%), segui­da da Améri­ca do Norte (40%) e Améri­ca Lati­na (36%). Quan­do focamos ape­nas nos país­es lati­no-amer­i­canos, onde o inver­no é mais car­ac­terís­ti­co que no Brasil, os des­ti­nos predile­tos dos brasileiros são, dis­parada­mente, Chile (32%) e Argenti­na (30%). O próx­i­mo da lista é o Peru, com 11% da prefer­ên­cia.

Uma das prin¬≠ci¬≠pais raz√Ķes √© a for√ßa do real frente √†s moedas locais, com oito em cada dez respon¬≠dentes (81%) afir¬≠man¬≠do que o c√Ęm¬≠bio val¬≠oriza¬≠do aju¬≠da o tur¬≠is¬≠mo para a Am√©ri¬≠ca Lati¬≠na. Por√©m, nem s√≥ a econo¬≠mia faz com que o brasileiro se encante pelos pa√≠s¬≠es viz¬≠in¬≠hos. Na Argenti¬≠na, pa√≠s vis¬≠to como cos¬≠mopoli¬≠ta e com boa infraestru¬≠tu¬≠ra, as ativi¬≠dades preferi¬≠das s√£o vis¬≠i¬≠tar a cap¬≠i¬≠tal, Buenos Aires (31%), e esquiar em Bar¬≠iloche (30%). J√° no Chile, o brasileiro gos¬≠ta do fato de o pa√≠s ofer¬≠e¬≠cer pos¬≠si¬≠bil¬≠i¬≠dades con¬≠trastantes, como vis¬≠i¬≠tar as pais¬≠agens do Deser¬≠to do Ata¬≠ca¬≠ma (28%) e esquiar no Valle Neva¬≠do (21%).

*A pesquisa foi real¬≠iza¬≠da em maio de 2019 com 1063 mil respon¬≠dentes nas cin¬≠co regi√Ķes do Pa√≠s, por meio de ques¬≠tion√°rio online, com home¬≠ns e mul¬≠heres de 18 a +60 anos, das class¬≠es A, B e C.

 

Crédito:Pixabay

PUBLICIDADE