brasilentretenimento

Beija-Flor de Nilópolis é a grande campeã do desfile de Carnaval 2018

A escola que fechou o último dia de desfile da Sapucaí fez sua crítica à política, e levou assuntos polêmicos como intolerância e corrupção para a avenida.

Última a cruzar a avenida, a escola optou por fazer um paralelo entre Frankstein, romance de Mary Shelley que completou 200 anos e as mazelas brasileiras.

A partir do samba-enredo “Monstro é aquele que não sabe amar. Os Filhos Abandonados da Pátria que os Pariu”, a escola resgatou do romance, essencialmente o fato de Frankstein ser lançado à própria sorte depois de criado, para questionar quem são os abandonados dessa pátria, quem são os que abandonam os filhos à própria sorte?

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista