PUBLICIDADE

brasil

Anvisa alerta sobre aumento de intoxicação por produtos de limpeza

A fim de reduzir os riscos √† sa√ļde cau¬≠sa¬≠dos pelo aumen¬≠to da exposi√ß√£o t√≥x¬≠i¬≠ca por pro¬≠du¬≠tos de limpeza no pa√≠s, a Ag√™n¬≠cia Nacional de Vig¬≠il√Ęn¬≠cia San¬≠it√°ria (Anvisa) divul¬≠gou a Nota T√©c¬≠ni¬≠ca (NT) 11/2020, que aler¬≠ta a pop¬≠u¬≠la√ß√£o sobre o cresci¬≠men¬≠to dos casos de intox¬≠i¬≠ca√ß√£o.

De acor¬≠do com a Anvisa, emb¬≠o¬≠ra n√£o haja infor¬≠ma√ß√Ķes que demon¬≠strem o v√≠n¬≠cu¬≠lo defin¬≠i¬≠ti¬≠vo entre a exposi√ß√£o e os esfor√ßos de higi¬≠en¬≠iza¬≠√ß√£o e desin¬≠fec√ß√£o para evi¬≠tar a dis¬≠sem¬≠i¬≠na√ß√£o da covid-19, parece haver uma asso¬≠ci¬≠a√ß√£o tem¬≠po¬≠ral com o aumen¬≠to do uso dos pro¬≠du¬≠tos.

O doc¬≠u¬≠men¬≠to ori¬≠en¬≠ta tam¬≠b√©m sobre o uso e o armazena¬≠men¬≠to ade¬≠qua¬≠dos dos chama¬≠dos saneantes domis¬≠san¬≠it√°rios, ou seja, os saneantes de uso domi¬≠cil¬≠iar que con¬≠t√™m sub¬≠st√Ęn¬≠cias ou prepara√ß√Ķes des¬≠ti¬≠nadas √† higi¬≠en¬≠iza¬≠√ß√£o e √† desin¬≠fec√ß√£o.

A nota foi elab¬≠o¬≠ra¬≠da com base nos dados dos Cen¬≠tros de Infor¬≠ma√ß√£o e Assist√™n¬≠cia Tox¬≠i¬≠col√≥g¬≠i¬≠ca (CIA¬≠Tox). ‚ÄúPara se ter uma ideia do cresci¬≠men¬≠to dos casos de intox¬≠i¬≠ca√ß√£o, de janeiro a abril deste ano os CIA¬≠Tox rece¬≠ber¬≠am 1.540 reg¬≠istros de intox¬≠i¬≠ca√ß√£o dev¬≠i¬≠do a pro¬≠du¬≠tos de limpeza envol¬≠ven¬≠do adul¬≠tos, um aumen¬≠to equiv¬≠a¬≠lente a 23,3%, com¬≠para¬≠do ao mes¬≠mo per√≠o¬≠do de 2019, e de 33,68%, com rela√ß√£o a 2018‚ÄĚ, infor¬≠ma a Anvisa.

Crianças

No que se ref¬≠ere √†s cri¬≠an√ßas, foram reg¬≠istra¬≠dos 1.940 casos, um aumen¬≠to de 6,01% e de 2,7%, em rela√ß√£o a 2019 e 2018, respec¬≠ti¬≠va¬≠mente. De acor¬≠do com a Ag√™n¬≠cia, os n√ļmeros mostram que os aci¬≠dentes dom√©s¬≠ti¬≠cos envol¬≠ven¬≠do exposi√ß√£o t√≥x¬≠i¬≠ca a sub¬≠st√Ęn¬≠cias qu√≠mi¬≠cas s√£o mais fre¬≠quentes com o p√ļbli¬≠co infan¬≠til e, por¬≠tan¬≠to, h√° neces¬≠si¬≠dade de dis¬≠pen¬≠sar mais cuida¬≠dos √†s cri¬≠an√ßas.

Orienta√ß√Ķes b√°sicas

1- Man­ten­ha os pro­du­tos de limpeza fora do alcance de cri­anças e ani­mais. Ess­es pro­du­tos podem atrair a atenção prin­ci­pal­mente de cri­anças peque­nas, entre 1 e 5 anos de idade.

2- Evite o armazena­men­to dess­es pro­du­tos em recip­i­entes difer­entes e não eti­que­ta­dos.

3- Super­vi­sione as cri­anças, não per­mitin­do que elas acessem os ambi­entes onde ess­es pro­du­tos são guarda­dos.

4- Não deixe deter­gentes e pro­du­tos de limpeza em ger­al embaixo da pia ou no chão dos ban­heiros.

5- Leia e siga as instru√ß√Ķes descritas no r√≥tu¬≠lo de cada pro¬≠du¬≠to.

6- Evite a mis­tu­ra de pro­du­tos quími­cos.

7- Garan­ta a ven­ti­lação quan­do for manuse­ar um dess­es pro­du­tos des­ti­na­dos à limpeza, higi­en­iza­ção e desin­fecção.

8- Inuti¬≠lize as embal¬≠a¬≠gens vazias. Isso porque elas sem¬≠pre ficam com res√≠¬≠du¬≠os, ou seja, restos dos pro¬≠du¬≠tos. Jogue fora as embal¬≠a¬≠gens vazias, pref¬≠er¬≠en¬≠cial¬≠mente val¬≠en¬≠do-se do sis¬≠tema de cole¬≠ta sele¬≠ti¬≠va, de modo a sep¬≠a¬≠r√°-las do lixo org√Ęni¬≠co.

9- Em caso de emerg√™n¬≠cias tox¬≠i¬≠col√≥g¬≠i¬≠cas, n√£o provoque v√īmi¬≠to. Ten¬≠ha em m√£os o n√ļmero do Cen¬≠tro de Infor¬≠ma√ß√£o e Assist√™n¬≠cia Tox¬≠i¬≠col√≥g¬≠i¬≠ca, o CIA¬≠Tox: 0800‚Äď722-6001.

*Com infor¬≠ma√ß√Ķes da Anvisa /Ag√™ncia Brasil

PUBLICIDADE