PUBLICIDADE

Legislação

Suposto filho de Gugu avança em processo, mas coloca em dúvida paternidade dos ‘irmãos’ e pede novo DNA

Gugu morreu em 2019, inclusive, completou 4 anos de sua morte. Enquanto Rose Miriam fez uma homenagem ao apresentador, um colunista relembrou um fato incoerente sobre a morte de Gugu e ex-assessora defendeu o João Augusto de nova fofoca.

Há pouco tempo foi resolvido pela Justiça que Rose Miriam e Thiago Salvático, ambos alegaram serem cônjuges do apresentador, não tinham direito a herança. Com um patrimônio estimado em 1 bilhão de reais, Gugu fez um testamento beneficiando seus filhos e sobrinhos oito anos antes de morrer.

Mas, e Ricardo Rocha? O homem que alega ser filho de Gugu?

O que aconteceu com o suposto filho do Gugu?

Em entrevista para o site R7, Ricardo Rocha contou: ‘Estou 100% confiante. Não existe a possibilidade de eu desistir da ação. Vou até o fim’. Ricardo revelou que o processo para ser reconhecido como herdeiro de Gugu está indo bem.

Dentro do processo pedido pelo advogado de Ricardo Rocha foi pedido que fosse coletado DNA das irmãs e mãe de Gugu. Por que não dos filhos? O advogado de defesa justificou existe a chance de não serem filhos biológicos por terem sido gerados por inseminação artificial.

A clínica onde foi feita a inseminação em Rose Miriam pertenceu a Roger Abdelmassih. Ex-médico condenado a 173 anos de prisão pelo estupro de pacientes chegou a manipular amostras genéticas.

Segundo informações do jornal Extra o advogado de Ricardo Rocha anexou no processo o relato de ex-clientes da clínica de fertilização que descobriram que seus filhos não eram biológicos.

Por Purepeople.br