PUBLICIDADE

economia

Startup brasileira de aluguel de carros será acelerada no Vale do Silício

A startup Kovi acaba de se tornar a sexta empresa brasileira a ser aprovada no disputado processo seletivo da Y Combinator, principal aceleradora do Vale do Silício. Oferecendo a customização e manutenção de carros alugados por motoristas de aplicativo, a startup fundada por dois ex-diretores da 99, pretende oferecer suporte para que os profissionais possam crescer na função.

A Kovi, que possui doze funcionários, iniciou suas atividades em novembro e, com poucas semanas de atuação, já conta com três mil motoristas na lista de espera. A alta demanda inicial é fruto da experiência que seus fundadores trouxeram da 99. Adhemar Milani Neto, ex-gerente geral, e João Costa, ex-diretor de produto, viram um nicho de atuação promissor no cenário brasileiro de mobilidade urbana, oferecendo um serviço mais aprimorado de aluguel de carros.

‚ÄúCriamos a Kovi com o intuito de auxiliar o motorista a conseguir seu carro e ajud√°-lo do come√ßo ao fim do processo‚ÄĚ, afirma Milani em entrevista a EXAME. Os fundadores contam que j√° sa√≠ram da 99, em julho deste ano, com o intuito de fundar a startup. Contando com o investimento do fundo brasileiro Monashees, que j√° apostou em empresas como Rappi, Yellow e Loggi, a startup foi estruturada entre tr√™s a quatro meses e j√° espera atingir resultados relevantes.

‚ÄúEsperamos fechar o ano com algumas centenas de carros alugados como piloto‚ÄĚ, diz Costa, que n√£o revela o n√ļmero de ve√≠culos disponibilizados atualmente por quest√Ķes estrat√©gicas. O valor do investimento tamb√©m n√£o √© informado pela empresa.

Fonte: Exame
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE