PUBLICIDADE

7.0 - MANUALtecnologia

Saiba quais as linguagens de programação que vão bombar em 2017!

Vivemos uma verdadeira revolu√ß√£o no modo de lidar com o mundo online ‚Äď da primeira gera√ß√£o que joga videogame com os pais, vamos passar para a primeira gera√ß√£o que cria games com os pais. O¬†mercado de programa√ß√£o √© um dos que mais cresce no mundo todo, s√≥ no Brasil, emprega, hoje, mais de 1,3 milh√£o de pessoas e, de acordo com a Associa√ß√£o Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informa√ß√£o e Comunica√ß√£o, 50 mil postos de trabalho est√£o esperando por um profissional qualificado.

Mas, e para 2017, o que o mercado espera? Segundo Omar Pavel, especialista em programação mobile, que já desenvolveu dezenas de aplicativos para iOS, Android, Windows Phone, além de MAC, Windows e Web, e um dos programadores mais experientes do Brasil em desenvolvimento mobile, o mercado estará ainda mais aquecido e a grande pedida será aprender a programar para mobile.

Segundo Omar, n√£o √© f√°cil apontar as linguagens preferidas pelo mercado: ‚Äúexistem aquelas que t√™m mais demanda, mas tamb√©m mais oferta, e que portanto n√£o pagam t√£o bem, e outras mais raras, mas para as quais existem poucos profissionais, que portanto s√£o bem remunerados‚ÄĚ, explica. Do ponto de vista de um programador, segundo ele, provavelmente as mais valiosas s√£o as que s√£o usadas para programa√ß√£o de aplicativos para celular: Java, Swift/Obj-C, mas tamb√©m o necess√°rio para fazer aplicativos h√≠bridos, como Javascript. ‚ÄúNo mercado, hoje, as linguagens mais usadas, sobretudo no Brasil, s√£o Java, , C/C++ e PHP, o que pode ser um bom term√īmetro‚ÄĚ, revela Omar.

Ele tamb√©m enfatiza que o ideal, para quem est√° atuando, √© conhecer v√°rias linguagens de programa√ß√£o, e muito bem. ‚ÄúMas, para quem est√° come√ßando, diria que √© melhor se especializar em uma‚ÄĚ, completa.

Foto: Reprodução

PUBLICIDADE