PUBLICIDADE

política

Ricardo Salles pede demissão do Ministério do Meio Ambiente

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu demissão do cargo nesta quarta-feira (23). A exoneração, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

No lugar de Salles, o presidente nomeou Joaquim √Ālvaro Pereira Leite, que at√© ent√£o ocupava o cargo de secret√°rio da Amaz√īnia e Servi√ßos Ambientais do minist√©rio. Ricardo Salles, que ocupava o cargo desde o in√≠cio do mandato de Bolsonaro, em 2019, √© investigado em dois inqu√©ritos no Supremo Tribunal Federal (STF).

No m√™s passado, por decis√£o do ministro Alexandre de Moraes, do STF, Salles foi alvo de mandados de busca e apreens√£o e teve seus sigilos banc√°rio e fiscal quebrados, no √Ęmbito da¬†Opera√ß√£o Akuanduba, deflagrada pela Pol√≠cia Federal (PF). O √≥rg√£o apura crimes de corrup√ß√£o, advocacia administrativa, prevarica√ß√£o e facilita√ß√£o de contrabando, praticados por agentes p√ļblicos e empres√°rios.

A suspeita é da existência de um esquema internacional de exportação ilegal de madeira. Além do agora ex-ministro, outras 17 pessoas são investigadas. Na época, o STF também determinou o afastamento de Eduardo Bim do cargo de presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Edição: Pedro Ivo de Oliveira/AB