PUBLICIDADE

Mercado

Procon quer informa√ß√Ķes do Facebook sobre pol√≠tica de privacidade

Ap√≥s ter se reunido com representantes do Facebook, o Procon-SP decidiu notificar a empresa e pedir mais informa√ß√Ķes sobre as mudan√ßas na pol√≠tica de privacidade do WhatsApp, que deve ocorrer no dia 15 de maio.

O Facebook √© detentor do aplicativo para troca de mensagens. Com as novas regras, o WhatsApp vai passar a compartilhar dados com usu√°rios do Facebook. Aqueles que n√£o aceitarem as novas regras, n√£o poder√£o mais utiliz√°-lo. A mudan√ßa afetaria, inclusive, as pessoas que¬†utilizam o WhatsApp para fazer transa√ß√Ķes banc√°rias¬†e que n√£o desejariam ter seus dados compartilhados com o Facebook.

Especialistas questionam que essa obrigatoriedade fere a¬†Lei Geral de Prote√ß√£o de Dados¬†e o¬†C√≥digo de Defesa do Consumidor¬†e ainda trata o Brasil de forma diferente a outras regi√Ķes do mundo, onde essa condi√ß√£o n√£o tem sido aplicada.

Segundo o Procon, na reuni√£o virtual de ontem os representantes da empresa foram questionados sobre as limita√ß√Ķes para as pessoas que n√£o quiserem aderir a esse compartilhamento de dados e as implica√ß√Ķes dessa mudan√ßa. Ao final da reuni√£o, o Procon entendeu que havia necessidade de mais esclarecimentos por parte da empresa e fez a notifica√ß√£o.

Agora, o Facebook dever√° prestar informa√ß√Ķes sobre quais ser√£o as mudan√ßas na pol√≠tica de privacidade, tanto no tipo de conta que j√° existe, que √© de interlocu√ß√£o com um titular de conta WhatsApp apenas, quanto no novo tipo de conta ‚Äď o WhatsApp business ‚Äď que √© de interlocu√ß√£o com uma conta comercial acessada por uma coletividade de titulares.

Procurado pela Agência Brasil, o Facebook ainda não se manifestou sobre a notificação do Procon.

Edição: Fernando Fraga

PUBLICIDADE