PUBLICIDADE

economia

Pix por aproximação deve começar em fevereiro de 2025

A partir de fevereiro de 2025, os correntistas poder√£o fazer o Pix por aproxima√ß√£o, anunciou o Banco Central (BC). A autoridade monet√°ria e o Conselho Monet√°rio Nacional (CMN) editaram novas regras para ampliar o¬†open finance, compartilhamento de dados entre as institui√ß√Ķes financeiras, e permitir a modalidade.

Por meio do Pix por aproxima√ß√£o, o correntista poder√° fazer a transfer√™ncia instant√Ęnea sem sair do ambiente de compras¬†on-line¬†e ir para o aplicativo do banco. A funcionalidade, no entanto, exige a inclus√£o de novos tipos de institui√ß√Ķes financeiras no¬†open finance¬†e estabelecer uma governan√ßa definitiva para o compartilhamento de dados entre elas.

No fim de julho, o Banco Central publicar√° normas mais detalhadas sobre o tema, que trar√£o instru√ß√Ķes para as institui√ß√Ķes financeiras e definir√£o a responsabilidade delas na nova ferramenta. Os testes come√ßar√£o em novembro, com o lan√ßamento do servi√ßo para a popula√ß√£o em fevereiro do pr√≥ximo ano.

O cronograma anunciado pelo BC é o seguinte:

‚ÄĘ ¬† ¬† 31 de julho de 2024: regulamenta√ß√£o espec√≠fica para a Jornada de Pagamentos Sem Redirecionamento (JSR), nome formal do Pix por aproxima√ß√£o;
‚ÄĘ ¬† ¬† 14 de novembro de 2024: in√≠cio dos testes pelas institui√ß√Ķes financeiras, para garantir a seguran√ßa da funcionalidade;
‚ÄĘ ¬† ¬† 28 de fevereiro de 2025: Lan√ßamento do produto para a popula√ß√£o.

As novas regras do¬†open finance¬†t√™m como objetivo diminuir etapas nos pagamentos¬†on-line. Para isso, ser√° necess√°rio oferecer o Pix nas carteiras digitais, institui√ß√Ķes financeiras onde o cliente deposita dinheiro para fazer pagamentos¬†on-line.

Pelas novas normas, as institui√ß√Ķes financeiras com mais de 5 milh√Ķes de clientes, individuais ou em conglomerados, ser√£o obrigadas a aderir ao¬†open finance.

Segundo o BC, a mudan√ßa ampliar√°, de 75% para 95%, a base de clientes que podem optar por compartilhar seus dados entre as institui√ß√Ķes. O cliente com carteiras digitais dever√° se cadastrar em uma institui√ß√£o inscrita no¬†open finance¬†e liberar as fun√ß√Ķes de Pix nas carteiras digitais.

Edição: Nádia Franco