PUBLICIDADE

7.0 - MANUALbebidas

O mistério da cerveja congelada

Por que a cerveja congela se pegarmos no meio da garrafa? Se você gosta de cerveja, com certeza já passou por essa situação. Quando dá aquela vontade de beber, mas todas estão quentes, você a coloca estrategicamente no fundo do freezer para gelar rápido. De repente, na vontade, você pega a garrafa de qualquer jeito e sua cerveja rapidamente vira gelo. Quer saber qual o mistério que está em torno da cerveja congelada pelo contato de suas mãos? Isso se chama superfusão.

MOTIVO DO CONGELAMENTO

Quando é fabricada, a cerveja ganha adição de gás carbônico (CO2), e isso aumenta a pressão dentro da garrafa. Essa pressão aliada as baixas temperaturas faz com que uma quantidade maior de CO2 permaneça no líquido. Com a temperatura da bebida tão baixa, qualquer alteração é suficiente para congelá-la. E quando a mão entra contato com o meio da garrafa, causa desequilíbrio em seu interior devido ao calor que transmite, liberando o gás carbônico que foi dissolvido na cerveja e passando para o estado gasoso. Isso reduz rapidamente a temperatura da bebida, formando um cristal, que vai dando origem a muitos outros até congelar todo o líquido.

COMO EVITAR O CONGELAMENTO

Cerveja gelada é bom, mas quase congelada não contribui em nada para sua experiência. Isso porque abaixo dos 2 graus Celsius, a bebida amortece suas papilas gustativas e te impede de sentir o gosto da cerveja. Para evitar que isso aconteça, a dica é simples: pegue a garrafa pelo gargalo. Assim, a cerveja não entrará em contato direto com o espaço e terá uma alteração mínima de temperatura, permanecendo líquida. Outra dica é pegar a garrafa pelo fundo, pois o vidro é mais grosso e isso dificultará a transferência do calor.

PUBLICIDADE