PUBLICIDADE

3.0 - NEGÓCIOStecnologia

O milionário do Linkedin

Diante da relutância de Donald Trump em revelar sua declaração de imposto de renda, algo comum aos concorrentes à presidência dos Estados Unidos, Reid Hoffman, cofundador do LinkedIn, decidiu promover um desafio ao candidato do Partido Republicano ao cargo nas eleições de novembro.

Hoffman, que viu sua fortuna aumentar consideravelmente em junho, após o anúncio da compra do LinkedIn pela Microsoft em um negócio de mais de US$ 26 bilhões (R$ 85,4 bilhões), se disse disposto a quintuplicar o valor alvo de arrecadação proposto por uma campanha de crowdfunding lançada por veteranos americanos no site CrowdPac caso Trump libere sua documentação fiscal até 19 de outubro, quando acontece o último debate presidencial.

Lançada há alguns dias, a campanha terá como beneficiários vários grupos ligados a ex-combatentes de guerra dos Estados Unidos, e visa levantar US$ 1 milhão (R$ 3,28 milhões) até a data. Se isso acontecer, e se Trump topar o desafio, Hoffman vai doar outros US$ 5 milhões (R$ 16,4 milhões) à causa.

PUBLICIDADE